Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Bolsonaro vira boneco em manifestação na COP-24

Os bonecos foram confeccionados pela artista plástica Angeline Pittenger com ajuda de outros artistas americanos

Bolsonaro vira boneco em manifestação na COP-24
Notícias ao Minuto Brasil

22:40 - 08/12/18 por Folhapress

Mundo Polônia

Um boneco representando o presidente eleito no Brasil, Jair Bolsonaro, foi destaque da Marcha do Clima, realizada na tarde deste sábado (8) nas ruas centrais de Katowice, na Polônia. Com braços manipuláveis, a peça compunha uma encenação ao longo da marcha com outra boneca que representava uma indígena.

Os bonecos foram confeccionados pela artista plástica Angeline Pittenger com ajuda de outros artistas americanos ao longo da semana, em um espaço dedicado à arte próximo à conferência oficial. Ao se deparar com o boneco, um grupo de brasileiros adicionou os dizeres em Português: "as mudanças do clima não são fake news".

+Precursora dos direitos humanos na Rússia morre aos 91 anos

Rodeada de forte presença policial, a manifestação seguiu pacífica até o final, quando três manifestantes foram detidos pela polícia. Segundo testemunhas, as intervenções policiais teriam acontecido sem motivo aparente.

Segundo a rede mais de 1.200 ONGs internacionais Climate Action Network, pelo menos doze ativistas foram impedidos de entrar no país.

Membro da delegação da Geórgia, o ativista da 350.org Nugzar Kokhreidze conta em vídeo no Facebook ter sido barrado no controle de passaporte do aeroporto internacional de Katowice na noite dessa sexta-feira (7), véspera da Marcha do Clima. Segundo ele, as autoridades teriam lhe dito que seu nome estava na "lista de banimento" do sistema.

A Polônia aprovou no início do ano uma lei antiterror. Com a justificativa de garantir a segurança da COP-24, a legislação dá às autoridades o poder de "coletar, obter, verificar e usar informação, incluindo dados pessoais sobre pessoas que causem ameaça à segurança pública ou à ordem, inclusive fora das fronteiras da República da Polônia".

A Marcha do Clima tradicionalmente acontece no dia anterior à abertura da COP, mas só foi autorizada pelo governo polonês para o final da primeira semana do evento, que vai até o próximo dia 14. As manifestações espontâneas estão proibidas no país. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório