Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Salvini publica fotos de Battisti preso, dentro de avião; veja

Italiano seguiu do aeroporto Viru Viru, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com destino a Roma, na noite deste domingo (13)

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália pelo assassinato de quatro pessoas, na década de 1970

Notícias ao Minuto Brasil

06:29 - 14/01/19 por Notícias Ao Minuto

Mundo Após captura

O ministro do Interior e vice-premier da Itália, Matteo Salvini, publicou, na noite deste domingo (13), em seu perfil no Twitter, fotos de Cesare Battisti dentro do avião que partiria da Bolívia para Roma.

A previsão é de que Battisti desembarque no aeroporto de Ciampino por volta das 11h30 (8h30 de Brasília) de hoje (14). Ele partiu às 19h do aeroporto Viru Viru, em Santa Cruz de La Sierra.

Mais cedo, Salvini já havia comemorado a prisão de Battisti. "É um delinquente que não merece uma vida confortável na praia, mas sim terminar seus dias na prisão", escreveu, acrescentando uma foto do italiano com a frase "A mamata acabou".

+ Maioria dos americanos culpa Trump por paralisação

Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália pelo assassinato de quatro pessoas, na década de 1970, quando integrava o grupo Proletários Armados pelo Comunismo. Ele se diz inocente e que foi vítima de perseguição política. No sábado (12), foi preso em Santa Cruz de La Sierra, uma das principais cidades da Bolívia. As informações são da Agência Brasil.

O italiano passou 30 anos como fugitivo entre o México e a França e, em 2004, chegou ao Brasil, onde foi preso três anos depois. Em 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a extradição em uma decisão não vinculativa que deixava a palavra final ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No último dia de seu segundo mandato, em 2010, Lula negou a extradição.

Em setembro de 2017, o governo italiano pediu ao ex-presidente Michel Temer a revisão da decisão sobre Battisti. No dia 13 de dezembro do ano passado, o ministro Luiz Fux determinou a prisão do ex-ativista. No dia seguinte, a extradição foi autorizada por Temer. Desde então, Battisti estava foragido.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório