Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

'Não aguentava mais fugir', diz Battisti após prisão

Italiano foi levado para penitenciária de segurança máxima na cidade de Oristano, na Sardenha

'Não aguentava mais fugir', diz Battisti após prisão
Notícias ao Minuto Brasil

11:40 - 15/01/19 por Notícias Ao Minuto

Mundo Captura

O italiano Cesare Battisti foi preso no último sábado (12), quando estava em hotel barato na cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Ele é acusado de quatro assassinatos na Itália, na década de 70, e foi condenado à prisão perpétua.

Considerado foragido há quase 40 anos, Battisti chegou ontem (14) a Roma, depois de uma viagem de cerca de 15 horas. Segundo o jornal “Corriere della Sera”, ele dormiu a maior parte do tempo.

+ Presidente dos EUA fala sobre Bolsonaro: 'É o Trump da América do Sul'

+ 'É uma vítima que nunca cometeu crime', diz irmão de Battisti

Ainda conforme o veículo, de acordo com relatos de investigadores que acompanharam o italiano na viagem, ele se disse culpado. "Sou culpado, e isso não se discute. Mas não sou culpado de tudo aquilo por que fui acusado. Não, não sou", afirmou Battisti.

O italiano ainda teria admitido estar cansado de fugir. "Eu não aguentava mais fugir. Eu sabia que a contagem regressiva [para o acerto de contas] tinha começado e me perguntava quando terminaria. Eu estava cansado", declarou.

Ao chegar na Itália, Battisti foi levado para a Prisão de Massama, uma penitenciária de segurança máxima na cidade de Oristano, na Sardenha, onde começa a cumprir pena.

Campo obrigatório