Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Netanyahu adverte que Israel pode endurecer ações na Faixa de Gaza

"Posso dizer que estamos prontos para fazer muito mais. Faremos tudo o que for necessário para defender o nosso povo e o nosso Estado", disse

Netanyahu adverte que Israel pode endurecer ações na Faixa de Gaza
Notícias ao Minuto Brasil

13:03 - 26/03/19 por Lusa

Mundo Israel

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, advertiu nesta terça-feira (26) estar "preparado para fazer muito mais" em Gaza após ataques israelenses no enclave palestino em represália pelo disparo de um foguete que causou sete feridos perto de Tel Aviv.

"Posso dizer que estamos prontos para fazer muito mais. Faremos tudo o que for necessário para defender o nosso povo e o nosso Estado", disse em uma mensagem de vídeo a partir de Israel, transmitida na conferência anual do 'lobby' pró-judaico American Israel Public Affairs Committee (AIPAC) em Washington.

O chefe do governo israelense, que esteve em Washington na segunda-feira para se encontrar com o presidente Donald Trump, deveria ter estado hoje na conferência da AIPAC, mas encurtou a visita aos Estados Unidos devido ao disparo, feito a partir da Faixa de Gaza contra território israelense.

+ Tiroteio em aeroporto na Turquia deixa policiais feridos

Aviões, helicópteros e tanques israelenses atingiram, segundo o exército, dezenas de alvos no enclave palestino sob bloqueio de Israel há mais de 10 anos e controlado pelo movimento radical Hamas.

Os militares israelenses e os grupos armados palestinos prosseguiram até o início do dia de hoje as hostilidades, apesar do anúncio de um cessar-fogo.

Entretanto, a calma regressou à Faixa de Gaza, indicou a agência France Presse, mas Israel deverá decidir se para ou continua as represálias, arriscando uma escalada a duas semanas das eleições legislativas no país. Com informações da Lusa.

Leia também: A história dos '40 magníficos' que impediram fuga de 26 mil crocodilos

Campo obrigatório