Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Delcídio revela recebimento de propina de Pasadena

Senador também levantou a suspeita de que a presidente Dilma Rousseff

Delcídio revela recebimento de propina de Pasadena
Notícias ao Minuto Brasil

13:44 - 15/03/16 por Notícias Ao Minuto

Política Delação Premiada

A delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS) foi divulgada nesta terça-feira (15). Segundo adianta a Folha de S. Paulo, o senador admitiu que recebeu propina de US$ 1 milhão decorrente da compra irregular da Refinaria de Pasadena, adquirida pela Petrobras em 2006.

Delcídio afirma que ficou sabendo que a aquisição de Pasadena rendeu propinas no valor de US$ 15 milhões a funcionários da Petrobras e que pediu a propina aos ex-diretores Nestor Cerveró e Paulo Duque para pagar dívidas da campanha a governador do Mato Grosso do Sul em 2006, na qual foi derrotado.

Ainda segundo a publicação, o senador também levantou a suspeita de que a presidente Dilma Rousseff, na época presidente do Conselho de Administração da Petrobras, deveria ter conhecimento sobre os problemas nessa operação. No entanto, não foram incluídas provas além do depoimento dele para comprovar a afirmação.

Além disso, Delcídio citou durante a delação os nomes de: Luiz Inácio Lula da Silva, Romero Jucá, Renan Calheiros, Aécio Neves, Marcos Valério; José Dirceu, André Esteves, Eduardo Cunha, as empreiteiras OAS, Odebrecht e Andrade Gutierrez, entre outros.

A delação na íntegra foi divulgada pelo G1.

Campo obrigatório