Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Andrade Gutierrez garante que propina abasteceu campanha de Dilma de 14

É a primeira vez que é descrito por um empresário o esquema revelado pela Operação Lava Jato, de financiamento de partidos por meio de propinas de contratos públicos legalizadas na forma de doação eleitoral

Andrade Gutierrez garante que propina abasteceu campanha de Dilma de 14
Notícias ao Minuto Brasil

08:17 - 07/04/16 por Notícias Ao Minuto

Política Delação Premiada

A empreiteira Andrade Gutierrez fez doações legais às campanhas de Dilma Rousseff (PT) e de seus aliados em 2010 e 2014 utilizando propinas oriundas de obras superfaturadas da Petrobras e do sistema elétrico, segundo a delação premiada do ex-presidente da empresa Otávio Marques de Azevedo, que apresentou uma planilha apresentada à Procuradoria-Geral da República.

O ex-presidente e o ex-executivo Flávio Barra detalharam a planilha em depoimentos ocorridos em fevereiro, enquanto negociavam a delação premiada que espera homologação no Supremo Tribunal Federal. Segundo a Folha de S. Paulo, é a primeira vez que é descrito por um empresário o esquema revelado pela Operação Lava Jato, de financiamento de partidos por meio de propinas de contratos públicos legalizadas na forma de doação eleitoral.

A Andrade Gutierrez doou, em 2014, R$ 20 milhões para o comitê da campanha de Dilma. Na tabela, que inclui também doações em 2010 e 2012, cerca de R$ 10 milhões doados às campanhas de Dilma estão vinculados à participação da empreiteira em contratos de obras públicas.

O comando da campanha da presidente Dilma Rousseff em 2014 negou, em nota encaminhada ao jornal, qualquer irregularidade nas doações feitas à petista em sua campanha da reeleição. Segundo o coordenador jurídico da campanha presidencial, Flávio Caetano, a nota diz que "toda a arrecadação da campanha da presidenta de 2014 foi feita de acordo com a legislação eleitoral em vigor".

Campo obrigatório