Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

"Posto do 'não pense em crise, trabalhe' não teria falido na minha gestão"

Na tentativa de descontrair encontro com entidades comerciais, o peemedebista relembrou história já contada em um discurso oficial

"Posto do 'não pense em crise, trabalhe' não teria falido na minha gestão"
Notícias ao Minuto Brasil

15:36 - 30/06/16 por Noticias ao Minuto

Política Temer

Em uma alfinetada à presidente afastada Dilma Rousseff, o presidente interino, Michel Temer, disse nesta quinta-feira (30) que o posto de gasolina que inspirou um dos slogans da gestão peemedebista quebrou por causa do governo passado e que não teria falido na atual gestão.

Na tentativa de descontrair encontro com entidades comerciais, o peemedebista relembrou história já contada em um discurso oficial. Em viagem de carro pela rodovia Castello Branco, em São Paulo, ele se inspirou na inscrição de uma placa colocado na frente de um posto de gasolina.

"Estava escrito: 'não fale em crise, trabalhe'. Isso ficou na minha cabeça", reconheceu.

No local, contudo, há atualmente um posto de gasolina desativado, uma loja de móveis rústicos às moscas e uma séria de pequenos negócios sem grande movimento. O ambiente tornou-se uma parada de caminhoneiros.

"A imprensa foi ao local e verificou que o posto de gasolina havia falido. Isso, dois dias depois que disse a frase no meu discurso. A informação é verdadeira e correta", reconheceu.

O peemedebista, contudo, aproveitou a história para fazer uma provocação à gestão petista. "Mas hoje, quando vejo esse entusiasmo aqui presente, eu digo faliu por causa do sistema econômico anterior. No sistema atual, ninguém irá a falência", afirmou, sendo aplaudido pela plateia.

O responsável pela elaboração da placa é João Mauro de Toledo Piza, 71, o Joca, que aluga o espaço para pequenos comerciantes.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, ele está preso desde março deste ano no município de Guareí (SP).

Em 2012, ele atirou contra um rapaz por desavenças pessoais e acabou condenado a oito anos de prisão por tentativa de homicídio.

Em 2011, ele foi ainda acusado de vender combustível adulterado no posto de gasolina em questão.

O discurso do presidente interino foi feito em encontro, no Palácio do Planalto, com presidentes de associações e entidades comerciais. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório