PSDB pagou viagem de Aécio a Nova Iorque

O custo do 'bate e volta' do senador foi de R$ 20.042,67

© Agência Brasil
Política fundos do partido 06:50 - 19/10/16 POR Notícias Ao Minuto

O PSDB pagou com fundo partidário a ida do senador Aécio Neves (MG) à Nova Iorque, EUA, em 2015, na ocasião da premiação "Personalidade do Ano", anualmente concedida pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. O custo do 'bate e volta' do senador foi de R$ 20.042,67. Na ocasião, de acordo com o site UOL, fora dado o título aos ex-presidentes do Brasil Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Bill Clinton, dos Estados Unidos.

PUB

O fundo partidário, cujo nome oficial é Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos, é um montante repassado todos os anos pelo poder público para os partidos formalmente registrados junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para receber o dinheiro, que serve para atividades partidárias, as siglas devem estar com suas prestações de conta em dia. Em 2015, o fundo distribuiu R$ 867 milhões aos partidos.

A legislação prevê que o fundo possa ser utilizado para o pagamento de passagens e de hospedagens a dirigentes e funcionários do partido. Contudo, a Asepa (Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias), vinculada ao TSE, cobra que as viagens custeadas com recursos do fundo partidário tenham relação com a ação desempenhada pelas legendas, o que claramente não foi o caso da viagem de Aécio Neves.

Leia também: Campanha internacional defenderá Lula

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X