Janot: investigadores da Lava Jato fizeram ameaça de 'cabeça quente'

Sobre agilidade de Renan Calheiros para votar o projeto, o procurador-geral da República disse que "nem o Bolt teria tanta velocidade para lançar uma proposta"

© Agência Brasil
Política anticorrupção 05:27 - 01/12/16 POR Notícias Ao Minuto

Para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a ameaça dos procuradores da Operação Lava Jato de abandonar as investigações caso o pacote de medida anticorrupção entre em vigor foi uma "reação de cabeça quente".

PUB

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o político se disse "estupefato" com a postura da Câmara de alterar o projeto proposto pelo Ministério Público e impressionado com a agilidade do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), de tentar votar o projeto na noite da última quarta-feira (30).

Nem o Bolt [Usain Bolt, velocista jamaicano] teria tanta velocidade para lançar uma proposta. Não sei qual o espírito de Bolt que foi incorporado pelo presidente do Senado".

Leia também: 'O maior interessado na verdade sou eu', diz Lula a Moro

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X