FHC: 'se Temer cair, deve haver eleições diretas'

Manda a Constituição que o Congresso eleja o sucessor de Temer se ele morrer, renunciar ou for deposto a partir de 1º de janeiro

© Divulgação
Política destituição Há 3 Horas POR Notícias Ao Minuto

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso deu entrevista na noite desta quinta-feira (2) ao do jornalista Mario Sergio Conti no programa “Diálogos”, GloboNews, e foi questionado sobre uma possível queda do atual mandatário do Brasil, Michel Temer.

PUB

"Prefiro acreditar que isso não vá acontecer. Faço todo esforço para que não haja a queda de Temer. (...) Mas se a pinguela cair, o Congresso terá de convocar eleições diretas. Porque é difícil governar nessa situação de escolha indireta pelo Congresso", disse.

De acordo com a coluna do Noblat, do jornal O Globo, manda a Constituição que o Congresso eleja o sucessor de Temer se ele morrer, renunciar ou for deposto a partir de 1º de janeiro. Para que haja eleição direta, o Congresso teria que mudar a Constituição, o que exigiria três quintos dos votos de deputados e senadores.

Fernando Henrique é a carta na manga do PSDB e de empresários ligados ao partido para substituir Temer numa eventualidade. Isso se tornou público em artigo recente de um ex-auxiliar dele publicado na Folha de S. Paulo. Temer não gostou do que leu, mas nada disse.

Leia também: Prefeita de Ribeirão Preto é presa na segunda fase da Sevandija

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X