Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Delação: presidente do TCE-RJ pediu R$ 4 milhões para aprovar edital

Segundo o ex-diretor Leandro Azevedo, Jonas Lopes cobrou dinheiro para liberar concessão do Maracanã

Delação: presidente do TCE-RJ pediu R$ 4 milhões
para aprovar edital
Notícias ao Minuto Brasil

07:20 - 12/12/16 por Notícias Ao Minuto

Política Maracaña

O atual presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, Jonas Lopes, foi citado na delação premiada do ex-diretor de Contratos da Odebrecht Leandro Azevedo.

Segundo o executivo, Lopes pediu dinheiro para aprovar o edital de concessão do estádio do Maracanã e o relatório de contas da linha 4 do metrô do Rio. As informações são do G1.

Em um dos trechos Leandro Azevedo afirma que, em 2013, Wilson Carlos, então secretário de Governo de Sérgio Cabral, mandou um recado à empreiteira dizendo que o edital de concessão do estádio do Maracanã já tinha sido enviado ao Tribunal de Contas do Estado e que a empresa deveria procurar o presidente do TCE, Jonas Lopes.

Ainda segundo o ex-diretor, Lopes acertou o pagamento de R$ 4 milhões, divididos em quatro parcelas de R$ 1 milhão, em troca da aprovação do edital de concessão do estádio.

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio reagiu e disse que repudia as afirmações e alega que trata-se de uma atitude de retaliação por causa de decisões tomadas pelo TCE, que penalizaram duramente as empreiteiras.

Já a Odebrecht informou que não se manifesta sobre negociações com a Justiça, mas reforça o compromisso da empresa com uma atuação ética, íntegra e transparente. 

Leia também: PMDB quer anulação da delação que citou Temer e cúpula do Planalto

Campo obrigatório