Temer diz que todos 'se deliciaram' em jantar em churrascaria

Presidente também afirmou não ter visto 'exagero' na divulgação da operação

© Beto Barata/PR
Política carne fraca 06:16 - 20/03/17 POR Notícias Ao Minuto

O presidente Michel Temer afirmou no domingo (19), após jantar com embaixadores, que não viu "exagero" da Polícia Federal na divulgação da Operação Carne Fraca.

PUB

“Não vi [exagero], houve uma ação integrada do Ministério da Agricultura e da Polícia Federal”, disse ele ao G1, na saída de churrascaria localizada em bairro de alto padrão em Brasília.

Também no domingo, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, chamou a operação da PF de "pirotecnia".

Temer disse, ainda, que e todos "se deliciaram" com a carne servida durante o jantar e que os embaixadores vão "advogar junto a seus países no sentido de divulgar a tranquilidade em relação ao consumo da carne brasileira".

Por meio de nota, o Palácio do Planalto garantiu que a carne consumida no jantar era de procedência nacional. "Todas as carnes servidas, neste domingo, ao presidente Michel Temer e aos embaixadores convidados para jantar na churrascaria Steak Bull foram de origem brasileira. A gerência do estabelecimento inclusive apresentou os produtos servidos a órgãos sérios da imprensa que questionaram a origem do produto", diz comunicado.

LEIA TAMBÉM: Para governo, PF cometeu erros técnicos em investigação sobre carne

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X