Meteorologia

  • 01 JUNHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Bancada do PSB descumpre decisão e racha na reforma

O temor do governo é de que o racha no PSB se espalhe por outras legendas aliadas

Bancada do PSB descumpre decisão 
e racha na reforma
Notícias ao Minuto Brasil

18:21 - 25/04/17 por Folhapress

Política Crise

Um dia depois de o PSB definir que seus filiados deveriam votar contra as reformas do governo Michel Temer, a bancada de deputados federais da sigla não seguiu essa orientação e rachou na análise da reforma trabalhista em comissão especial da Câmara, nesta terça (25).

Sétima maior bancada da Casa (35 das 513 cadeiras) e ocupando o ministério de Minas e Energia, o PSB tem dois integrantes da comissão que analisa a mudança na legislação trabalhista.

Com a indefinição, o partido foi o único entre os principais que não apresentou orientação favorável ou contrária à reforma. Na votação da comissão, que aprovou o relatório por 27 votos a 10 nesta terça, Danilo Cabral (PE) votou contra e Fábio Garcia (MT), a favor.

Apesar da decisão da executiva do PSB, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o ministro Fernando Bezerra Filho atuam alinhados ao Palácio do Planalto.

O temor do governo é de que o racha no PSB se espalhe por outras legendas aliadas. Desde a semana passada, ministros e líderes partidários trabalham para atender pleitos de aliados e diminuir as defecções.

Temer autorizou seus assessores a cobrar fidelidade desses deputados em um sinal de que poderia ampliar os espaços de quem se mantiver alinhado com o governo. (Folhapress)

Campo obrigatório