Fachin retira sigilo da delação premiada de Joesley Batista

Empresário acusa presidente de autorizar compra de silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha

© DR
Política stf 17:04 - 18/05/17 POR Notícias Ao Minuto

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou retirada de sigilo da delação premiada do empresário Joesley Batista na tarde desta quinta-feira (18). As informações são da GloboNews.

PUB

Um trecho de uma conversa entre o empresário e o senador Aécio Neves já havia sido obtida pela imprensa. No diálogo, o parlamentar defende a aprovação da lei de anistia ao caixa 2 e afirma que os R$ 2 milhões de propina entregues pelo empresário serão usados para pagar advogado.

Fachin também autorizou, nesta quinta, abertura de inquérito para investigar o presidente Temer. Na delação, ele é acusado de autorizar pagamentos para que o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha ficasse em silêncio na prisão.

LEIA TAMBÉM: Eduardo Cunha é alvo de novo mandado de prisão do STF

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X