Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Após atrasos, deputados votam parecer de denúncia contra Temer

Caso fosse aprovada a autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) abrisse o processo, presidente da República seria afastado por 180 dias

Após atrasos, deputados votam parecer de denúncia contra Temer
Notícias ao Minuto Brasil

18:59 - 02/08/17 por Notícias Ao Minuto

Política Câmara

O Plenário da Câmara dos deputados votaram nesta quarta-feira (02) o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) abra processo contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva.

Votação nominal

A votação do parecer da CCJ foi feita por chamada nominal: cada deputado foi chamado ao microfone para proclamar seu voto em 15 segundos – tempo definido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Deputados da oposição reclamaram que durante a votação do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, os parlamentares levaram até 30 segundos para proferir seu voto.

+ Defesa de Temer terá 10 minutos extras de tribuna ao final da discussão

O voto “sim” concordava com o parecer apresentado à CCJ pelo deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), e é contra a instauração de processo no STF contra Temer. Já o voto “não” é contrário ao parecer de Abi-Ackel, e defende que Temer seja investigado pelo Supremo.

Os deputados foram chamados começando por um estado do Norte, seguido por um estado do Sul – e vice-versa, prosseguindo assim, sucessivamente, pelos demais estados e pelo Distrito Federal.

Após a chamada de todos os parlamentares de um estado, foram chamados os ausentes. 

Veja: 

Campo obrigatório