Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

MPF pede suspensão de transferência de Bendine para presídio

Procurador usa os argumentos da defesa do ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, de que a filha dele sofre de desordens psiquiátricas e tem como principal referência afetiva o pai

MPF pede suspensão de transferência de Bendine para presídio
Notícias ao Minuto Brasil

12:00 - 08/08/17 por Notícias Ao Minuto

Política Lava Jato

O juiz Sérgio Moro autorizou a transferência do ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, da carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba, para o Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana da capital paranaense, na última sexta-feira (4).

No entanto, o Ministério Público Federal (MPF) protocolou pedido, nessa segunda-feira (7), assinado pelo procurador Athayde Ribeiro Costa, para que ele seja mantido na sede da PF. A alegação é de que, conforme os advogados de Bendine, a filha dele sofre de desordens psiquiátricas e tem como principal referência afetiva o pai.

No caso de transferência, ela iria ter de passar por revista íntima rigosa, o que poderia agravar o quadro de saúde mental da garota. "Dessa forma, por razões humanitárias, pede-se a reconsideração da decisão em questão, a fim de que, ao menos por ora, seja o peticionário mantido na carceragem da Polícia Federal", diz o documento.

+ Alckmin e Meirelles podem se enfrentar em disputa presidencial

De acordo com informações do portal G1, até a manhã desta terça (8), Bendine permanecia na carceragem da PF. Ele foi alvo da 42ª fase da Lava Jato, ocorrida em 27 de julho, sob suspeita de ter recebido R$ 3 milhões em propina da Odebrecht.

Campo obrigatório