Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2017
Tempo
21º
MIN 21º MÁX 21º

Edição

Em propaganda, Marina pede fim do monopólio de partidos e do ódio

Apesar do discurso com apelo para a tão almejada renovação da política brasileira, a sigla afirma que não quer se posicionar como a 'salvação nacional'

Em propaganda, Marina pede fim do monopólio de partidos e do ódio
Notícias ao Minuto Brasil

05:47 - 13/08/17 por Notícias Ao Minuto

Política Rede

A ex-senadora Marina Silva gravou na semana passada o programa da Rede, que vai ao ar no dia 29 deste mês. Apelando para a insatisfação geral dos brasileiros em relação à política, Marina pede o fim "do monopólio dos partidos que levam para a política o autoritarismo de direita e de esquerda".

Como revelado pela coluna Painel da Folha de S. Paulo, a ex-senadora e possível candidata a presidente em 2018 vai pregar a pacificação nacional, afirmando que “o território de ódios e mentiras não constrói nada”.

Apesar do discurso, a sigla afirma que não quer se posicionar como a "salvação nacional”, mas “um movimento”, “como uma ‘ola’ em um estádio”.

Leia também: Com Lula no páreo em 2018, partidos avaliam romper com Temer

Campo obrigatório