Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2017
Tempo
28º
MIN 28º MÁX 28º

Edição

Advogado acusa Odebrecht de mentir para Lava Jato e ocultar documentos

Rodrigo Tacla Durán afirma que a empreiteira protege a movimentação completa do dinheiro e apresenta apenas uma parte

Advogado acusa Odebrecht de mentir para Lava Jato e ocultar documentos
Notícias ao Minuto Brasil

06:12 - 13/08/17 por Notícias Ao Minuto

Política esquema

O advogado Rodrigo Tacla Durán, que foi apontado pela Odebrecht como o responsável pela movimentação de parte do dinheiro de propinas da empreiteira no exterior, acusa a empresa e os seus executivos de mentir aos procuradores da Lava Jato e fraudar documentos para ocultar pagamentos ilegais.

Durán trabalhou para a Odebrecht de 2011 até 2016. O Ministério Público Federal (MPF) chegou a negociar um acordo de delação premiada com ele, mas não chegaram a um acordo. Segundo o advogado, os procuradores da força-tarefa o chamam de mentiroso.

+ Em propaganda, Marina pede fim do monopólio de partidos e do ódio

Em 2016, o Durán deixou o Brasil e depôs ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Na sequência, viajou para a Espanha, onde foi preso pela Operação. Ele está solto agora e segue na Espanha, mesmo após pedido de extradição do Brasil, pois tem dupla cidadania.

Durán contou em entrevista à Folha de S. Paulo que colabora com as investigações envolvendo as empreiteiras em sete países. Segundo ele, executivos que controlavam um banco que foi adquirido pela Odebrecht em Antígua, um paraíso fiscal no Caribe, desviaram recursos e ajudaram a empresa a esconder beneficiários de propina no exterior.

O maior interesse dela [Odebrecht] é proteger a movimentação completa do dinheiro, e apresentar só uma parte."

Campo obrigatório