Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Centrão quer deputado acusado de homicídio no lugar de Imbassahy

Michel Temer estaria devendo cargos aos partidos que votaram a seu favor

Centrão quer deputado acusado de homicídio no lugar de Imbassahy
Notícias ao Minuto Brasil

06:23 - 16/08/17 por Notícias Ao Minuto

Política Partidos

Os partidos do 'Centrão', que votaram para rejeitar a denúncia contra Michel Temer na Câmara dos Deputados, cobram agora cargos e verbas prometidas pelo presidente. Eles exigem que o cargo do ministro tucano Antonio Imbassahy, coordenador político do Planalto, seja designado ao deputado Andre Moura (PSC-SE).

Moura é o atual líder do governo no Congresso e ex-oficial da infantaria parlamentar de Eduardo Cunha, segundo o colunista Josias de Souza, do UOL.

Além disso, Andre Moura está envolvido em diversos processos no Supremo Tribunal Federal, um dos inquéritos é por tentativa de homicídio.

A publicação explica que André Moura é ex-prefeito do município sergipano de Pirambu. Ele foi sucedido por um aliado chamado Juarez Batista dos Santos. Os dois brigaram e se tornaram inimigos políticos. A casa de Juarez foi atacada por quatro homens encapuzados e houve troca de tiros. Juarez acusou Moura de ser o mandante da agressão, mas o deputado nega.

+ FHC será novamente testemunha de defesa de Lula

Entre os processos que Moura é reu no STF, um deles investiga que, após deixar o cargo de prefeiro de Pirambu (SE), ele continuou usufruindo do cofre da prefeitura, que bancava desde a compra de alimentos para sua casa até as contas de telefone. No entanto, Moura diz que as acusações de Juarez foram por causa de desavenças políticas.

Ainde de acordo com Josias de Souza, do UOL, André Moura também é investigado em dois inquéritos relacionados à Operação Lava Jato. O parlamentar é acusado de agir em parceria com Eduardo Cunha para achacar empresas a partir de iniciativas adotadas na Câmara dos Deputados.

Campo obrigatório