Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

PGR envia delação de Funaro para homologação de Fachin

O caso está no STF porque operador financeiro citou, em seus depoimentos, nomes de pessoas com foro privilegiado

PGR envia delação de Funaro para homologação de Fachin
Notícias ao Minuto Brasil

16:17 - 29/08/17 por Notícias Ao Minuto

Política Lava Jato

A delação premiada do operador financeiro Lúcio Funaro foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), para homologação, nesta terça-feira (29), pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Ele está preso desde o ano passado e fechou o acordo no último dia 22, após meses de negociação.

A validação terá de ser feita pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo.

Agora, o trâmite a ser seguido determina que juízes auxiliares do ministro ouçam o delator e confirmem se ele fez acordo por livre e espontânea vontade, ou sob pressão.

Depois de homologada, a delação volta para análise da PGR, que poderá usar as informações em inquéritos em andamento ou pedir novas investigações. 

A expectativa, inclusive, é de que o depoimento seja utilizado para balizar uma possível segunda denúncia contra o Michel Teme, desta vez por obstrução de justiça e formação de organização criminosa. O procurador-geral Rodrigo Janot fica no cargo até o dia 17 de setembro, mas informações divulgadas na imprensa garantem que a denúncia será apresentada ainda esta semana.

Como cita o portal G1, o caso está no STF porque Funaro citou, em seus depoimentos, nomes de pessoas com foro privilegiado. A colaboração está sob segredo de justiça. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório