Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2017
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

Na China, Temer se esconde de imprensa brasileira após fala de Joesley

Comportamento de Temer mudou desde que o empresário Joesley Batista aumentou as críticas a ele

Na China, Temer se esconde de imprensa brasileira após fala de Joesley
Notícias ao Minuto Brasil

05:53 - 04/09/17 por Notícias Ao Minuto

Política peemedebista

Enquanto o presidente Michel Temer esteva em visita à China, as declarações do empresário Joesley Batista sobre o peemedebista se tornaram mais diretas. "Ladrão-geral da República", disse o dono da JBS sobre Temer.

A situação se agravou para Temer e, prestes a ser denunciado pela segunda vez pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot, o presidente evitou a imprensa brasileira na China. Segundo a Folha de S. Paulo, até mesmo uma cortina foi aberta para evitar registros de imagem do peemedebista.

No domingo (3), um aparato foi instalado na entrada do hotel onde o presidente se hospeda. Durante saída do peemedebista, ele ficou protegido das lentes das câmeras e dos fotógrafos que o esperavam na frente do local.

A publicação destaca que o comportamento de Temer mudou desde que o empresário Joesley Batista aumentou as críticas a ele. As atitudes do presidente mudaram a partir de sábado (2). O presidente não parou mais para falar com os repórteres brasileiros e só respondeu, rapidamente e em movimento, quando perguntado se anteciparia seu retorno ao Brasil.

+ Joesley diz que pediu ajuda a Serra, Palocci e Mantega no BNDES

Antes da divulgação da nota do executivo da JBS, na madrugada de sábado (2), Temer afirmou: "Eu não vou comentar isso. O que é isso? O que é isso?".

A assessoria de imprensa da Presidência da República disse que a decisão de abrir a cortina foi da segurança do evento, mas não respondeu sobre o motivo da mudança de comportamento em relação à imprensa brasileira.

Campo obrigatório