Meteorologia

  • 22 JUNHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Deputado é flagrado com biscoito e queijo escondidos ao voltar à prisão

Celso Jacob (PMDB-RJ) cumpre pena em regime semiaberto no Centro de Detenção Provisória da Papuda, no Distrito Federal

Deputado é flagrado com biscoito e queijo escondidos ao voltar à prisão
Notícias ao Minuto Brasil

14:57 - 23/11/17 por Notícias Ao Minuto

Política Revista

O deputado Celso Jacob (PMDB-RJ), que cumpre pena em regime semiaberto, desde junho último, foi flagrado com dois pacotes de biscoito e queijo provolone escondidos dentro da roupa, quando voltava ao Centro de Detenção Provisória da Papuda, no Distrito Federal, no domingo (19).

O parlamentar foi condenado por falsificação de documentos e dispensa de licitação, em 2002, para a construção de uma creche na cidade de Três Rios (RJ), quando era prefeito da cidade.

Depois de passar 20 dias preso, ele voltou às atividades, na Câmara dos Deputados, no dia 30 de junho. À época, o juiz Valter André Bueno de Araújo, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, autorizou Celso Jacob a trabalhar de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h30, ou enquanto durarem as sessões noturnas da Câmara. Após o expediente, o deputado deve retornar ao presídio, todos os dias. Jacob ficará na penitenciária nos finais de semana e nos recessos do Parlamento.

+ PMDB decide expulsar Kátia Abreu por ataques a Temer e ao partido

No entanto, no último fim de semana, havia conseguido autorização da Justiça para deixar a Papuda. Após o flagra, como punição, o parlamentar foi levado para o setor de isolamento, onde ficará por sete dias. As informações são do portal G1.

“A Vara de Execuções Penais (VEP), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), já foi comunicada do fato. Também foi aberto um inquérito disciplinar para apurar o caso. A punição para esses casos pode chegar a 30 dias de isolamento, além da perda de benefícios, conforme decisão da VEP”, informa a nota da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), ligada à Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.

Já a assessoria de Celso Jacob disse que ele levou os alimentos para atender recomendações médicas de se alimentar a cada três horas.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório