Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

FHC sobre Lula: 'País merece que isso seja resolvido antes da eleição'

Ex-presidente não poupou críticas ao PT, ao mesmo tempo em que tentou minimizar os estragos causados pelo senador Aécio Neves ao PSDB

FHC sobre Lula: 'País merece que isso seja resolvido antes da eleição'
Notícias ao Minuto Brasil

11:29 - 14/12/17 por Notícias Ao Minuto

Política Entrevista

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso falou sobre a marcação, para o dia 24 de janeiro de 2018, do julgamento da apelação de Luiz Inácio Lula da Silva contra a sentença do juiz federal Sérgio Moro, no caso do triplex no Guarujá (SP).

Em julho deste ano, o petista foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão, por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. O processo foi incluído na pauta da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, responsável pelos recursos da Operação Lava Jato na segunda instância.

Em entrevista ao jornal O Globo, divulgada nesta quinta-feira (14), Fernando Henrique disse ver com bons olhos a celeridade do processo no TRF. Ele considera que a Justiça "não pode deixar que o país fique em suspenso sem saber o que vai acontecer".

"O TRF tem a responsabilidade de esclarecer ao país se o Lula tem culpa ou não. Não sei, não é minha função julgar o Lula do ponto de vista criminal. Se cometeu ou não crime é a Justiça quem tem que dizer", disse. "Tem que ser célere. Não acho justo que uma decisão definitiva não seja tomada a tempo da eleição. O Brasil merece que essa questão seja esclarecida até lá".

+ Temer não terá alta hoje e posse de Marun é adiada, diz Planalto

+ Dilma: 'O mesmo TRF-4 mantém na gaveta há 12 anos julgamento de tucano'

Questionado sobre sua fala, durante a convenção do PSDB, no último sábado (9), quando disse que preferia ver o Lula derrotado nas urnas do que preso, FHC afirmou que foi mal interpretado.

"Acharam que eu era contra a prisão do Lula. Quis dizer que é chato ver um ex-presidente na cadeia. Não é meu problema se o Lula cometeu ou não crime e se ele tem ou não que ir para a cadeia. É da Justiça".

O tucano também evitou fazer uma análise do cenário, para o PSDB, com ou sem o Lula na disputa. "O PSDB não deve basear sua argumentação nisso. É melhor ter uma mensagem ao país capaz de enfrentar quem seja".

No entanto, o ex-presidente não poupou críticas ao PT, ao mesmo tempo em que tentou minimizar os estragos causados ao PSDB pelo senador Aécio Neves. "Ele não é mais presidente do partido. Já o Lula continua líder do PT (...) A conduta equivocada de uma pessoa é diferente de ter um tesoureiro na cadeia ou de um partido organizado para cometer crimes. Isso não temos. Além do que as eleições se movem no Brasil muito mais por pessoas que simbolizam do que pela força dos partidos".

Já sobre Jair Bolsonaro, que aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, atrás apenas de Lula, Fernando Henrique avaliou que o deputado é ainda "uma promessa de ser polo na eleição".

"Eu sei lá o que vai acontecer com ele se o Lula não for candidato. Já o PSDB, se quiser ser alguma coisa inovadora, não pode representar adesão a valores ultrapassados defendidos pelo Bolsonaro, como bandido bom é bandido morto ou ser contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo".

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório