Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Depois de contrariar governo Temer, Samper assina manifesto pró-lula

Em maio de 2016, Samper provocou reação do governo Temer ao questionar publicamente a legalidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff

Depois de contrariar governo Temer, Samper assina manifesto pró-lula
Notícias ao Minuto Brasil

22:30 - 09/01/18 por Folhapress

Política ELEIÇÕES

O secretário-geral da Unasul e ex-presidente da Colômbia, Ernesto Samper, assinou manifesto em defesa da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em maio de 2016, Samper provocou reação do governo Temer ao questionar publicamente a legalidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, afirmando que o processo expunha o Brasil à aplicação de cláusula democrática da Unasul.

+ Justiça nega recurso de Lula contra perícia na Lava Jato

Ministro das Relações Exteriores à época, o ex-governador José Serra afirmou que os argumentos de Samper eram errôneos e deixavam "transparecer juízos de valor infundados e preconceitos contra o Estado brasileiro e seus poderes constituídos".

Além de Samper, outros três ex-presidentes assinaram o documento em apoio à candidatura de Lula: Cristina Kirchner (Argentina), Pepe Mujica (Uruguia) e Rafael Correia (Equador).

Os aliados de Lula suam para garantir maior volume de assinaturas ao manifesto que, lançado no dia 19 de dezembro, reúne cerca de 150 mil signatários. Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório