Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

'Somos da paz e vamos em paz', diz Gleisi sobre julgamento de Lula

A presidente do PT disse que o partido não aceitará uma sentença condenatória e resistirá politicamente

'Somos da paz e vamos em paz', diz Gleisi sobre julgamento de Lula
Notícias ao Minuto Brasil

20:43 - 17/01/18 por Folhapress

Política JUSTIÇA

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), negou nesta quarta-feira (17) que tenha defendido a possibilidade de conflito no dia 24, durante julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Porto Alegre.

Na segunda-feira (15), em entrevista ao site "Poder 360", Gleisi afirmou que para prender Lula teria que "matar gente". Dois dias depois, a senadora disse à radio Trianon que aquela foi uma força de expressão."Somos da paz e vamos em paz a Porto Alegre", afirmou Gleisi.

A senadora disse ter usado a expressão como uma demonstração do quanto Lula é amado. Ela contou que, em sua caravana pelo Nordeste, Lula era abordado por eleitores que prometiam morrer por ele.

"Eles diziam 'conte comigo. Se precisar, estarei lá. Morro pelo senhor'", relatou Gleisi.

A presidente do PT disse que o partido não aceitará uma sentença condenatória e resistirá politicamente.

"Vai ter resistência. Não normalizamos uma situação de prisão".A senadora afirmou também que a "violência pode ser infiltrada", e que cabe à inteligência policial detectá-la.

"Dizer que um partido político tem que ser responsável pela segurança é de rir", afirmou. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório