Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Em nova tentativa, defesa entra com liminar no STF contra prisão Lula

Solicitação foi feita pelo advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay

Em nova tentativa, defesa entra com liminar no STF contra prisão Lula
Notícias ao Minuto Brasil

13:36 - 05/04/18 por Notícias Ao Minuto

Política Estratégia

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF), para tentar, mais uma vez, impedir a prisão do petista. A solicitação foi feita pelo advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay.

De acordo com informações de O Globo, o recurso deve ser analisado pelo ministro Marco Aurélio Mello, que relata uma ação declaratória de constitucionalidade (ADC) sobre a possibilidade de prisão, após condenação em segunda instância.

Nessa quarta-feira (4), a Corte negou habeas corpus ao ex-presidente, por 6 votos a 5. Marco Aurélio foi um dos que votaram a favor de Lula. Em seu argumento, Kakay diz que a liminar “certamente impedirá a injusta prisão de inúmeras pessoas”.

+ PT vê prisão iminente de Lula e faz reunião de emergência em São Paulo

O advogado ainda criou uma rede de 150 profissionais para auxiliar a defesa do petista. A ideia é que o grupo possa dar sugestões e elaborar estratégias para a ação em tribunais.

Depois do julgamento de ontem, Lula pode ser preso a qualquer momento. Em janeiro último, os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmaram a pena imposta a ele pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, a 12 anos e um mês em regime fechado. O ex-presidente responderá pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá (SP).

No entanto, é provável que Moro aguarde o último recurso a que o petista tem direito no TRF-4, um "embargo do embargo", embora a medida raramente seja aceita pelos desembargadores.

Campo obrigatório