Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Aproximação de Doria e Flávio Rocha preocupa pré-candidato tucano

Equipe do pré-candidato tucano à Presidência acredita que o ex-prefeito de São Paulo ainda sonha com o Planalto

Aproximação de Doria e Flávio Rocha preocupa pré-candidato tucano
Notícias ao Minuto Brasil

06:36 - 21/04/18 por Folhapress

Política PSDB

A sintonia entre João Doria (PSDB) e Flavio Rocha (PRB) despertou desconfiança na equipe da campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB).

Seus aliados monitoram os passos de Rocha, que, depois de tentar emplacar Doria como candidato a presidente, colocou o próprio nome na disputa. Alckmistas veem na jogada uma tentativa de manter um espaço assegurado ao ex-prefeito na corrida.

O entorno do ex-governador paulista crê que Doria ainda sonhe em concorrer à Presidência, embora tenha assegurado publicamente que a hipótese é infundada e que deixou a prefeitura para disputar o governo de São Paulo.

Rocha e Doria mantêm relação umbilical, de acordo com integrantes da equipe política do PRB. Eles relatam que o ex-prefeito abriu as portas do Lide, grupo empresarial que criou, para que o dono da Riachuelo pudesse apresentar sua candidatura. Rocha participou de um seminário organizado nesta sexta (20), no Recife, pelo Lide -empresa da qual se afastou em 2015.

Segundo aliados de Rocha, o empresário deve se encontrar com o ex-prefeito na próxima semana para discutir a conjuntura eleitoral. Segundo o dono da Riachuelo, as conversas são frequentes.

+ Ministério Público de SP abre inquérito para investigar Alckmin

Outro fator de aproximação entre Doria e Rocha é o MBL (Movimento Brasil Livre). O grupo de direita foi uma das plataformas de visibilidade do tucano ao longo dos meses no ano passado em que tentou se viabilizar candidato a presidente.

Sem Doria na corrida presidncial, o MBL declarou apoio a Rocha. Há alguns dias, Kim Kataguiri e Fernando Holiday, dirigentes do movimento, estiveram com Doria.

Ainda que o ex-prefeito apoie publicamente a candidatura de Alckmin ao Planalto, o time do PRB considera que há um pacto entre o dono da Riachuelo e o ex-prefeito.

A se somar à sintonia entre os empresários hoje na política, como noticiado pela Folha de S.Paulo, Rocha contratou para sua campanha o escritório de Nelson Wilians para a sua campanha, o mesmo advogado que representou Doria em questões privadas e cm quem tem uma espécie de permuta de aviões particulares.

Na quarta (19), Rocha disse que há em gestação aliança entre seu PRB e o MDB, do presidente Michel Temer. Nas conversas, que também se dão a nível estadual, alckmistas viram a digital de Doria. O ex-prefeito tem boa relação com Temer, diferentemente de Alckmin, que não dá sinais por ora de que terá o MDB em sua chapa.

Recentemente, Rocha, que descartou uma candidatura presidencial de Doria, disse a interlocutores que taticamente o tucano deve manter o foco na disputa estadual para passar segurança ao eleitorado paulista. Em tom de lamento, empresários do Lide consideram praticamente descartado um drible do ex-prefeito paulistano em Alckmin para disputar a Presidência neste ano.

Aliados do ex-prefeito admitem que ele atropelou o próprio projeto nacional ao fazer movimentos ostensivos nessa direção ao longo de 2017. Para eles, esses gestos antecipados fizeram com que ele perdesse fôlego.

O Lide, que se reuniu por três dias no Recife, deu demonstrações de descrença sobre Alckmin. Executivos no evento disseram que o estilo tímido dele deve bloquear seu crescimento em uma eleição que será marcada por renovação. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório