Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Irmão de Ciro chama petistas de babacas e diz que partido merece perder

Cid Gomes (PDT-CE) fez dura crítica ao PT durante evento de apoio à candidatura de Haddad

Irmão de Ciro chama petistas de babacas e diz que partido merece perder
Notícias ao Minuto Brasil

11:09 - 16/10/18 por Folhapress

Política Discurso

Em evento de apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT), na noite desta segunda-feira (15), o senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) fez dura crítica ao PT.

Convidado a discursar, o irmão de Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado na disputa presidencial deste ano, cobrou da direção da legenda que faça um "mea culpa" dos erros que cometeu.

"Tem de fazer um mea culpa, pedir desculpa, ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira", disse. "Não admitir os erros que cometeram é para perder a eleição. E é bem feito", ressaltou.

Sob vaias de militantes petistas, Cid chamou de "babacas" aqueles que protestavam contra seu discurso e disse que o partido "merece perder" caso não fala uma autocrítica.

"Vão perder feio porque fizeram muita besteira, aparelharam as repartições públicas e acharam que eram donos de um país. E o Brasil não aceita ter donos", disse.

+ Haddad: se você desligar o WhatsApp por 5 dias, Bolsonaro desaparece

+ Doria tentou dar rasteira em Alckmin e ex-governador chorou, diz França

O senador eleito elogiou Haddad, a quem se referiu como "boa pessoa", mas acusou o partido de ter criado o candidato do PSL, Jair Bolsonaro. "Foram essas figuras que acham que são donas da verdade, que acham que podem fazer tudo", criticou.

Como reação, a plateia petista gritou o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que foi também mal recebido pelo pedetista, que lembrou que ele está preso.

"Lula o quê? Ele está preso, babaca. Lula vai fazer o quê? Babaca, babaca. Isso é o PT e o PT desse jeito merece perder", afirmou.

Ciro não pretende reafirmar apoio à candidatura de Haddad. Em conversas reservadas, ele tem dito que já fez o aceno que deveria ter feito e que continuará se posicionado nas redes sociais apenas contra Bolsonaro, mas sem mencionar o petista.

A expectativa é de que Ciro volte no final desta semana ao Brasil, após viagem à Itália. A ideia é de que até o dia 28 ele permaneça no Ceará. Para evitar ofensivas dos petistas, ele foi aconselhado a viajar para uma praia longe de Fortaleza. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório