Meteorologia

  • 23 MARçO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Entenda por que o resultado da eleição sai tão rápido

Ao todo, 147,3 milhões de eleitores devem eleger o presidente e governadores em 13 estados e no Distrito Federal

Entenda por que o resultado da eleição sai tão rápido
Notícias ao Minuto Brasil

17:23 - 28/10/18 por Notícias Ao Minuto

Política urna eletrônica

No primeiro turno das eleições, apenas uma hora após o fechamento das urnas no Acre, às 20h de Brasília, os eleitores já sabiam que Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) estariam na disputa pelo posto de presidente da República. Afinal, como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) garante tamanha agilidade?

Como explica a 'BBC News', no primeiro e no segundo turno, o TSE conta com 1,817 milhão de mesários, 15,4 mil servidores da Justiça Eleitoral e 556 mil urnas eletrônicas, que são utilizadas nas 454,4 mil seções eleitorais de todo o Brasil. Neste domingo (28), são 2.645 juízes eleitorais espalhados por todo o território, além de militares das Forças Armadas.

Toda esta estrutura se preparou para colher o voto de 147,3 milhões de eleitores, que devem eleger o presidente e governadores em 13 estados e no Distrito Federal.

Em 2014, as eleições custaram R$ 650,8 milhões, de acordo com o TSE.

+ Ex-presidente do TSE refuta chance de fraude nas urnas

Apuração

A apuração é feita em duas partes: primeiro, é realizada a contagem de votos que cada candidato teve numa determinada urna após o encerramento da votação, que ocorre depois das 17h, quando acaba a votação. Os mesários emitem o boletim de urna (BU), impresso em papel e um arquivo digital chamado Registro Digital de Voto (RDV), que é armazenado numa espécie de pendrive, chamado "memória de resultado".

Nos centro urbanos, cada local de votação tem um terminal de acesso ao sistema da Justiça Eleitoral, por onde os dados são enviados a TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de cada estado. Já em locais afastados, em alguns casos, os pendrives são levados a uma outra seção eleitoral ou a um local que tenha acesso à rede da Justiça Eleitoral para que os votos sejam transmitidos por satélite.

A Justiça Eleitoral conta com uma estrutura de comunicação própria, fornecida pelas operadoras de telefonia, não sendo a mesma rede pela qual usuários residenciais acessam a internet.

A soma dos votos é feita, inicialmente, nos TREs dos estados. Neste momento, já é possível ver o resultado das disputas para governador. A votação para presidente é enviada pelos TREs ao TSE.

A transmissão e soma dos votos se dão em tempo real, sendo possível acompanhar a evolução da apuração online.

+ Saiba como acompanhar on-line o resultado das eleições

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório