Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Doria troca comando da Sabesp e põe 4º ministro de Temer em seu governo

Chefe da pasta das Cidades, o deputado federal Alexandre Baldy (PP) será secretário dos Transportes Metropolitanos do governo de SP

Doria troca comando da Sabesp e põe 4º ministro de Temer em seu governo
Notícias ao Minuto Brasil

17:32 - 03/12/18 por Folhapress

Política Equipe

O governador eleito João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (3) que trocará o comando da Sabesp e que mais um ministro de Michel Temer (MDB) fará parte de sua gestão a partir de 2019.

Engenheiro Benedito Braga, professor da Escola Politécnica da USP e que foi secretário de Recursos Hídricos e Saneamento do governo Geraldo Alckmin, assumirá a presidência da Sabesp no lugar de Karla Bertocco, que está no cargo desde maio, quando foi nomeada pelo então recém-empossado governador, Márcio França (PSB).

Ministro das Cidades, o deputado federal Alexandre Baldy (PP) será secretário dos Transportes Metropolitanos de Doria. Ele trabalhará em parceria com João Octaviano, secretário municipal de Transportes que assumirá a pasta estadual de Logística e Transportes.

Baldy é o quarto ministro de Temer anunciado por Doria como secretário, após Gilberto Kassab (Casa Civil), Sérgio Sá Leitão (Cultura) e Rossieli Soares (Educação).

+ Moro se torna político quando assume ministério, diz Torquato Jardim

+ Cansei de levar bola nas costas, diz Moro sobre ida para o Executivo

Braga e Baldy assumirão secretarias relacionadas aos temas mais delicados à administração estadual recentemente, a crise hídrica e o atraso em obras de mobilidade urbana.

Em entrevista, Doria e Baldy falaram em expandir as linhas de metrô por meio de parcerias com a iniciativa privada e com apoio de capital internacional. Afirmaram, também, que vão concluir as obras que atualmente se encontram inacabadas.

No auge da crise da seca de São Paulo, no início de 2015, Braga assumiu a secretaria hídrica. Era o momento em que a gestão tucana já admitia o início de um drástico rodízio de água na Grande São Paulo. As chuvas que vieram na sequência, porém, deram fôlego ao governo para investir em obras e retomar a capacidade de abastecimento dos reservatórios.

Hoje, sobre problemas hídricos, Braga disse que o estado está "muito bem". "2018 foi tão ruim quanto 2014 do ponto de vista climatológico. E não passamos apuros porque o governo investiu em infraestrutura e incentivou a população a consumir menos água" disse, afirmando que a cidade está próxima do "risco zero" de passar por nova crise.

Doria também anunciou que a ex-secretária estadual do Meio Ambiente, Patricia Iglecias, assumirá o comando da Cetesb. Com informações da Folhapress.

Campo obrigatório