Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Após muita confusão, Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado

Ele obteve 42 de um total de 77 votos; quatro senadores não votaram

Após muita confusão, Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado
Notícias ao Minuto Brasil

19:11 - 02/02/19 por Notícias Ao Minuto

Política Brasília

Após desistência de Renan Calheiros (MDB-CE) e de duas votações marcadas por confusões, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi eleito presidente do Senado neste sábado (2). Ele obteve 42 votos de um total de 77. Quatro senadores não participaram.

A votação deveria ter acontecido na sexta-feira (1º), mas foi adiada para este sábado depois de muita confusão e bate-boca entre os parlamentares. Na madrugada, o ministro Dias Toffoli, do STF, determinou que a eleição fosse feita por meio de votação secreta. Apesar da determinação, muitos senadores declararam suas escolhas em voz alta no plenário.

+ Senador preso em regime semiaberto fiscaliza eleição no Senado

Disputaram o cargo com Davi Alcolumbre os seguintes senadores: Ângelo Coronel (PSD-BA), Fernando Collor (Pros-AL), Esperidião Amin (PP-SC) e Reguffe (sem partido-DF). Alvaro Dias (Podemos-PR), Major Olímpio (PSL-SP) e Renan Calheiros (MDB-AL) desistiram da disputa.

Antes disso, na contagem dos votos da primeira votação deste sábado (2), foi detectada uma cédula a mais na urna. Foram computados 82 votos para um total de 81 senadores. Com a suspeita de fraude no ar, o pleito foi cancelado e todos os papéis foram triturados. Depois, os senadores discutiram e decidiram fazer uma segunda votação. Com as votações iniciadas, Renan Calheiros decidiu retirar sua candidatura alegando que processo "deslegitimado". 

+ Sou a favor do voto secreto, mas quis evitar especulações, diz Flavio Bolsonaro

+ De porrada a assassinato: relembre tumultos históricos dentro do Senado

Após ter sua vitória confirmada, Davi Alcolumbre discursou no plenário. “Quero agradecer a Deus a oportunidade de sentar nessa cadeira e assumo o compromisso com o Senado e com o Brasil", afirmou o senador, antes de ponderar.

"Deixo claro que não conduzirei um Senado de revanchismo", acrescentou o novo presidente do Senado Federal.

Leia também: Kátia Abreu entrega flores para Davi Alcolumbre após 'roubo de pasta'

Campo obrigatório