Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Saiba que acordos foram firmados por Bolsonaro durante visita a Israel

Presidente assinou cooperação nas áreas de defesa, serviços aéreos, prevenção e combate ao crime organizado, ciência e tecnologia, além de segurança cibernética

Saiba que acordos foram firmados por Bolsonaro durante visita a Israel
Notícias ao Minuto Brasil

07:07 - 03/04/19 por Notícias Ao Minuto

Política Pauta

Os governos do Brasil e de Israel firmaram acordos de cooperação em áreas distintas, durante a visita oficial de Bolsonaro a Israel, que ocorreu do último domingo (31) até esta terça-feira (3).

Foram assinados acordos nas áreas de defesa, serviços aéreos, prevenção e combate ao crime organizado, ciência e tecnologia, além de um memorando de entendimento em segurança cibernética.

Os dois governos concordaram em cooperar em diversos setores, como petróleo e gás, termoeletricidade e energias renováveis. No campo da energia e da mineração, Bolsonaro e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, reconheceram o papel transformador da inovação, da robótica e da segurança cibernética.

+ Bolsonaro embarca de volta ao Brasil e promete focar na Previdência

O Ministério das Relações Exteriores informou, por meio de nota, que como produtores relevantes de gás natural, os dois países “intercambiarão melhores práticas sobre a concepção dos mercados domésticos de gás natural”.

Bolsonaro e Netanyahu também firmaram parceria na área de ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento de startups. Eles ressaltaram que os intercâmbios entre Brasil e Israel nos campos da ciência, tecnologia e inovação sustentam as “sinergias existentes em diversas áreas” que deverão ter investimentos recíprocos.

Os dois líderes ainda destacaram a celebração de um acordo de serviços aéreos, que busca a conectividade entre os dois países, garantindo ampla liberdade operacional às companhias aéreas. Eles enfatizaram a determinação de adotar iniciativas militares conjuntas e abre caminho para laços mais estreitos neste campo.

Durante a visita, Netanyahu também reiterou seu forte apoio à adesão do Brasil à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Israel lembrou com apreço o papel fundamental desempenhado pelo Brasil durante a Assembleia Geral das Nações Unidas que aprovou a Resolução 181, em 1947, sob a presidência do então chanceler Oswaldo Aranha, que abriu caminho para a recriação do Estado de Israel na terra ancestral do povo judeu, em 14 de maio de 1948.

Saiba mais sobre os acordos:

Energia

Os líderes observaram com satisfação que, em reuniões entre os ministros de Minas e Energia, os dois governos concordaram em cooperar em diversos setores, como petróleo e gás, termoeletricidade e energias renováveis. No campo da energia e da mineração, eles reconheceram o papel transformador da inovação, da robótica e da segurança cibernética. Como dois produtores relevantes de gás natural, os dois países intercambiarão melhores práticas sobre a concepção dos mercados domésticos de gás natural.

Ciência, Tecnologia e Inovação

Os dois líderes saudaram a assinatura do Acordo de Cooperação em Ciência e Tecnologia, que permitirá planejamento mais adequado, monitoramento e avaliação das atividades bilaterais, assim como o lançamento de novas iniciativas no campo da ciência e tecnologia. Eles expressaram satisfação com os esforços de aproximação dos ecossistemas de inovação brasileiro e israelense. Nesse contexto, celebraram o lançamento de duas chamadas conjuntas da FINEP e da EMBRAPII com a Autoridade Israelense de Inovação, assim como a primeira edição do programa “Scaleup in Brazil” com startups israelenses.

Promoção comercial / investimentos

Os líderes observaram que os intercâmbios entre Brasil e Israel nos campos da ciência, tecnologia e inovação ilustram as sinergias existentes em diversas áreas, que podem e devem ser mais exploradas para estimular investimentos recíprocos, que estão aquém do nível e da complexidade das economias dos dois países.

Aviação Civil

Os líderes tomaram nota com satisfação da celebração de um acordo de serviços aéreos entre Brasil e Israel. O acordo procura aumentar a conectividade entre os dois países, garantindo ampla liberdade operacional às companhias aéreas, o que ajudará a fortalecer os laços entre as suas sociedades.

Segurança pública e segurança cibernética

Os líderes se comprometeram a aprofundar a cooperação bilateral em segurança pública e no combate a todas as formas de crime organizado. A esse respeito, expressaram satisfação com as possibilidades oferecidas pela assinatura de um acordo bilateral sobre segurança pública e um memorando de entendimento sobre segurança cibernética.

Defesa

Os líderes enfatizaram os benefícios mútuos decorrentes da cooperação em assuntos relacionados à defesa e expressaram seu compromisso de se engajarem em um diálogo construtivo nesse campo. Congratularam-se com a assinatura do Acordo de Cooperação em Matéria de Defesa, que fornece arcabouço legal para iniciativas militares conjuntas e abre caminho para laços mais estreitos neste campo.

Campo obrigatório