Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Novo Hyundai HB20 pode frear sozinho para evitar atropelamento

Novo Hyundai HB20 pode frear sozinho para evitar atropelamento

Novo Hyundai HB20 pode frear sozinho para evitar atropelamento
Notícias ao Minuto Brasil

06:40 - 18/09/19 por Folhapress

Tech HYUNDAI-NEGÓCIOS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A segunda geração Hyundai HB20 chega sob pressão ao mercado. Seu lançamento ocorre na semana seguinte à apresentação do novo Chevrolet Onix, que é o primeiro compacto nacional equipado com seis airbags e controles de tração e de estabilidade em todas as versões.

Para chamar a atenção, o modelo de origem sul-coreana adota o estilo dos carros mais recentes da marca, a exemplo do novo Sonata, lançado em abril deste ano.

Simon Loasby, vice-presidente de design da Hyundai, afirma que o objetivo era mesmo causar impacto. "Design tem a ver com provocar, inovar. Temos aqui um desenho que deliberadamente se destaca, alguns não irão gostar, mas muitos vão achar bonito."

De fato, a grade frontal com contornos cromados dá ao HB20 uma "cara" inconfundível. O formato da parte central muda de acordo com a carroceria (hatch, cross ou sedã).

Embora custe a partir de R$ 46.490 na versão 1.0 Sense (R$ 2.000 a menos que o Onix mais em conta), o Hyundai fica em desvantagem por economizar onde a Chevrolet se destaca.

Equipado com motor de três cilindros e 80 cv, o HB20 de entrada só tem airbags frontais e não traz controles de estabilidade. Para ter duas bolsas laterais de proteção -não há as do tipo cortina- o consumidor terá de adquirir a opção Diamond, que custa R$ 73.590 na carroceria hatch com motor 1.0 turbo de injeção direta (120 cv). O câmbio é automático, de seis marchas.

Mas a Hyundai também oferece itens exclusivos de segurança. Essa mesma versão Diamond pode receber o pacote Plus, que inclui um sensor frontal capaz de frear o carro até a parada completa caso seja detectado um obstáculo à frente, seja um outro veículo ou um pedestre.

Outra novidade é o sistema que lê as faixas no asfalto e emite um alerta caso o carro comece a invadir a pista ao lado. Esses itens adicionais elevam o preço para R$ 79.990 na opção hatch e R$ 81.290 na configuração sedã.

Sempre equipado com motor 1.6 flex (130 cv), o HB20X custa entre R$ 62.990 (versão Vision) e R$ 79.590 (Diamond Plus).

As opções mais equipadas têm forração de material sintético que imita couro. No sedã, há dois tons de cinza, enquanto no hatch as cores escolhidas são marrom e azul. Com estilo aventureiro, o HB20X combina preto e laranja nos acabamentos.

Enquanto as opções 1.0 de entrada são sempre equipadas com câmbio manual, as versões 1.6 podem ter também a caixa automática.

Nas configurações turbinadas, só há opção de câmbio automático.

A posição de dirigir permanece como um ponto forte. O volante tem ajustes de altura e de profundidade a partir da opção 1.0 Evolution (R$ 53.790), que traz ainda sistema multimídia, sensor de estacionamento traseiro, rodas de liga leve e controles de tração e de estabilidade.

Ar-condicionado e direção com assistência elétrica são itens de série em toda a linha HB20.

A distância entre eixos passou de 2,50 m para 2,53 m, com destaque para o ganho de espaço no banco traseiro. Contudo, o Hyundai permanece sendo um carro estreito, indicado para quatro ocupantes.

Os preços da versão sedã começam em R$ 55.390. Seu porta-malas tem agora 475 litros, um aumento de 25 litros em comparação ao modelo anterior. No hatch, foram mantidos os 300 litros de capacidade da primeira geração.

Campo obrigatório