Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Assassin's Creed Valhalla retrata era viking da bebedeira à brutalidade

O game chega ao mercado em novembro

Assassin's Creed Valhalla retrata era viking da bebedeira à brutalidade
Notícias ao Minuto Brasil

09:10 - 13/07/20 por Folhapress

Tech Games

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Ubisoft anunciou neste domingo (12), no Ubisoft Forward, a data de lançamento de "Assassin's Creed Valhalla", próximo jogo da série Assassin's Creed. O lançamento global, 100% em português do Brasil, está previsto para 17 de novembro de 2020 para Xbox One, PlayStation 4, PC, Satdia, Xbox Series X e PlayStation 5.

O gameplay inédito apresentado na conferência digital mostrou novos recursos que os jogadores poderão aproveitar sob a pele de Eivor (disponível em versão feminina e masculina), como empunhadura dupla de armas, invasões, e cenários. A Folha testou o jogo na última semana, e atesta que ele traz de volta funções como a lâmina secreta ("hidden blade"), que elimina inimigo com um único golpe.

Anunciado em abril, "Assassin's Creed Valhalla" retrata a era viking e as expedições dos povos nórdicos para Inglaterra, com cenas detalhadas de ambientação, quase sempre cobertas por neblinas, mas que chegam a mostrar cenários icônicos como stonehenge. É possível explorar o mundo aberto viajando à cavalo, navio, ou ainda pela visão de um corvo.

O principal objetivo do jogo é conquistar um espaço para o povoado e, para isso, é preciso recorrer não somente às batalhas, mas também à diplomacia. Ao longo da história, Eivor se depara com áreas de inimigos ilimitados, arqueiros, indivíduos místicos e até um animal lendário. Já os minigames vão de uma batalha de rimas até uma disputa de rapidez na bebedeira.

A ideia da cultura de viking de "viver e morrer com honra" é reforçada o tempo inteiro, especialmente nos diálogos -que permitem múltiplas respostas e, portanto, múltiplos resultados para cada decisão. Para as batalhas, o jogo traz um amplo arsenal de armas -incluindo a inédita "Spinning Death"- e habilidades como o parkour e a "visão de Odin" (para ver inimigos e itens capturáveis), que podem se combinar.

Uma grande novidade é que é possível usar duas armas empunhadas uma em cada mão, criando combinações de machados, adagas, arco e flecha e, claro, escudos. O ataque é feito com a mão direita, mas é possível trocar as armas com um único botão. Tais armas, inclusive, tem diferentes velocidades de movimento, mas não interferem no andar do personagem.

Para convocar seus aliados para uma batalha, é possível usar uma espécie de berrante. Apesar deste recurso, ainda é possível atacar com furtividade, no "modo stealth", de uma maneira fácil e sem entrar em combate. As batalhas têm mais ação e são mais brutais do que outros jogos da franquia, e incluem desmembramentos e decapitações. Aliados podem ser ressuscitados mesmo ao longo das brigas, e Eivor consegue melhorar a saúde com frutas e carnes.

Campo obrigatório