Embarcar com Galaxy Note7 agora é considerado crime federal

Quem insistir estará sujeito a sanções civis de até US$ 179 mil por cada violação

© REUTERS / Kim Hong-Ji
Tech aviação 22:30 - 17/10/16 POR Notícias Ao Minuto

As explosões do Galaxy Note7 continuam dando o que falar. As autoridades do Federal Aviation Administration (FAA), uma espécie de Anac dos Estados Unidos, definiram que agora é crime federal embarcar em qualquer avião portando o modelo da Samsung.

PUB

De acordo com o Canal Tech, a ordem, que foi homologada na última sexta-feira (14) e já está valendo, proíbe qualquer passageiro de carregar consigo, em qualquer tipo de bagagem, o problemático da sul-coreana.

Quem insistir em portar o Galaxy Note7 intencionalmente estará "sujeito a sanções civis de até US$ 179 mil por cada violação" e pode ser processado e preso por até dez anos.

No entanto, a decisão prevê que pode haver uma pequena parcela de viajantes que não saibam da determinação e tentem chegar ao avião com o aparelho. Nesses casos, exige-se o desligamento imediato do telefone ou o indivíduo será detido e submetido às penalidades citadas anteriormente.

As companhias aéreas foram orientadas a barrar qualquer um que tente embarcar com o gadget.

Leia também: Samsung inicia produção de chips com tecnologia de 10 nanômetros

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X