Descontaminação em Fukushima custará 170 bilhões de euros

A estimativa, que foi o dobro do cálculo feito em 2013, teve autoria do Ministério da Indústria (Meti). A reestruturação da cidade, segundo a reportagem, pode demorar de três a quatro décadas

© Kim Kyung Hoon/Reuters
Tech Japão 11:47 - 01/12/16 POR Notícias Ao Minuto

Uma despesa de 170 bilhões de euros vai custar às autoridades do Japão para indenizar, desmantelar e descontaminar Fukushima, região onde aconteceu o acidente nuclear em 2011. A estimativa, que foi o dobro do cálculo feito em 2013, teve autoria do Ministério da Indústria (Meti). A reestruturação da cidade, segundo a reportagem, pode demorar de três a quatro décadas.

PUB

De acordo com a IstoÉ, a empresa que administra a central de Fukushima Daiichi, a Tokyo Electric Power (Tepco), havia informado em um primeiro momento que era quatro vezes menor, ou seja, 70 bilhões de euros.

 

 

LEIA TAMBÉM: Agora FBI poderá hackear pessoas em outros países

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X