Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2017
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Saiba como você pode acabar banido do WhatsApp

Confira detalhes dos termos e serviços do mensageiro

Saiba como você pode acabar banido do WhatsApp
Notícias ao Minuto Brasil

05:24 - 16/09/17 por Notícias Ao Minuto

Tech cuidado

Embora o WhatsApp tenha virado uma ferramenta quase indispensável nos dias de hoje, muitos usuários assinam os Termos de Serviço do aplicativo sem ter atenção e, por isso, podem acabar com a contas banida no mensageiro.

+ Página 'Criança Viada' é excluída após internautas apontarem pedofilia

O UOL listou diversas práticas "proibidas" no app. Confira:

- Violar, apropriar-se indevidamente ou infringir direitos do aplicativo, incluindo direitos de privacidade, de publicidade, de propriedade intelectual ou outros direitos de propriedade.

- Usar de forma ilícita, obscena, difamatória, ameaçadora, intimidadora, assediante, odiosa, ofensiva em termos raciais ou étnicos, ou instigue ou encoraje condutas que sejam ilícitas ou inadequadas, inclusive a incitação a crimes violentos.

- Envolver declarações falsas ou enganosas.

- Se passar por outra pessoa

- Enviar comunicações ilícitas ou não permitidas, mensagens em massa, mensagens automáticas, ligações automáticas e outras.

- Fazer o uso não pessoal do mensageiro, a menos que esteja autorizado pelo WhatsApp.

- Fazer engenharia reversa, alterar, modificar, criar trabalhos derivados, descompilar ou extrair códigos do serviço.

- Enviar, armazenar ou transmitir vírus ou outros códigos nocivos usando nossos Serviços

- Obter ou tentar obter acesso não autorizado aos serviços ou sistemas do aplicativo.

- Interferir a integridade ou desempenho do WhatsApp.

- Criar contas usando meios não autorizados ou automatizados.

- Coletar informações de/ou sobre usuários de maneira não permitida ou autorizada.

- Vender, revender, alugar ou cobrar pelos serviços do WhatsApp.

- Distribuir ou disponibilizar os serviços da rede para ser usado por vários dispositivos ao mesmo tempo.

Campo obrigatório