Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Pessoas mais ativas no Facebook são materialistas, diz estudo

Alguns utilizadores tratam os seus amigos na rede social como “objetos digitais”.

Pessoas mais ativas no Facebook são materialistas, diz estudo
Notícias ao Minuto Brasil

21:12 - 21/11/17 por Notícias Ao Minuto

Tech Comparação

Um estudo publicado pela Heliyon indica que os usuários mais ativos no Facebook têm tendência para serem materialistas, um traço de personalidade que acaba por passar para a forma como lidam com as suas amizades na rede social.

“Pessoas materialistas usam o Facebook mais frequentemente porque tendem a objetificar os seus amigos da rede social. O Facebook oferece a forma perfeitamente para comparações sociais, com milhões de perfis e informação sobre as pessoas. E é grátis – os materialistas adoram ferramentas que não custam dinheiro”, apontou o responsável pelo estudo, Phillip Ozimek.

Segundo o EurekAlert!, o estudo foi realizado com um questionário feito a 242 usuários do Facebook, que pediu aos participantes para classificar determinadas afirmações de acordo com a sua atividade na rede. Ao examinar os resultados, os pesquisadores teorizaram que a ligação entre a atividade na rede social e o seu caráter materialista pode estar relacionado com o fato de pessoas deste tipo serem mais orientadas para comparação social.

“Descobrimos que os materialistas instrumentalizam os seus amigos mas que também atingem o seu objetivo de se compararem com outros. Parece que o Facebook é como uma faca: pode ser usado para preparar comida deliciosa ou pode ser usada para magoar alguém. De certa forma, o nosso modelo oferece uma perspectiva mais neutra das redes sociais”, escreve ainda Ozimek.

Leia também: Site revela se senhas ligadas a seu e-mail já foram vazadas

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório