Meteorologia

  • 24 MAIO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Marca chinesa tem celular de R$ 280 que é sucesso de vendas

O custo-benefício é o diferencial do produto da Xiaomi

Marca chinesa tem celular de R$ 280 que é sucesso de vendas
Notícias ao Minuto Brasil

15:14 - 10/02/18 por Notícias Ao Minuto

Tech Xiaomi

O smartphone Redmi 5A, da marca chinesa Xiaomi, foi lançado em dezembro do ano passado e já vendeu mais de um milhão de unidades logo no primeiro mês. Com ficha técnica satisfatória para um celular intermediário, o dispositivo é encontrado em sites chineses por até 86 dólares (cerca de R$ 280 em conversão livre) no modelo com memória RAM de 2 GB.

O custo-benefício parece mesmo ser o diferencial do produto da Xiaomi. Como pontua o 'TechTudo', dentre as principais qualidades do smartphone estão o corpo em alumínio, câmera com 13 megapixels, autofoco e processador com quatro núcleos de 1,4 GHz. As principais falhas apontadas pelo site são o fato do equipamento não ter Gorilla Glass protegendo a tela e usar tecnologia LCD com baixa densidade de pixels.

A Xiaomi é a quinta maior do mundo. Em 2017, a marca ficou com 6,29% do mercado global, o que equivale a 92,4 milhões de smartphones vendidos, segundo dados divulgados pela IDC.

Contudo, a empresa não está mais a venda no mercado brasileiro depois de apenas um ano de operação por aqui.

+ Instagram vai dedurar quem fez prints em fotos e vídeos do Stories

Conheça o Redmi 5A

Aparência: similar ao iPhone 8 por ter laterais arredondadas e a mesma variação de cores, entre outros detalhes. Tem corpo em alumínio, que é bastante resistente, e frente de vidro cobrindo toda a superfície. A espessura é de apenas 8,4 mm e pesa 137 gramas.

Tela: 5 polegadas com resolução HD de 1280 x 720 pixels, tecnologia LCD e densidade de tela de 296 ppi. Com essa configuração, o display tende a entregar uma nitidez menor do que os demais modelos, além de não ter a proteção Gorilla Glass.

Câmeras: resolução de 13 megapixels, flash LED na câmera digital, autofoco e abertura f/2.2. A câmera traseira tem detecção de rostos e sorrisos, tecnologia HDR, que em tese melhora o contraste das fotos, e panorama. O modelo também faz vídeos com resolução 1080p (Full HD) e 30 quadros por segundo. A câmera de selfies tem sensor de 5 megapixels e abertura f/2.0.

Velocidade: processador Snapdragon 425 (quad-core de 1,4 GHz) e duas opções de memória RAM, com 2 GB ou 3 GB. Possui duas opções de armazenamento interno, com 16 GB ou 32 GB. O dispositivo também tem entrada microSD, que suporta cartões de até 256 GB.

Bateria: a bateria de lítio informada pela fabricante tem 3.000 mAh, que é um padrão comum nos smartphones atuais.

Sistema operacional: Android 7.1.2 com interface MIUI v9 da Xiaomi. Não há previsão de que o sistema será atualizado para 8.0 (Oreo).

Quanto custa e onde comprar: à venda em sites chineses que entregam no Brasil por preços que variam de 86 dólares (cerca de R$ 280, em conversão direta, sem impostos) a 118 dólares (cerca de R$ 384). Contudo, a Xiaomi não tem representantes oficiais no Brasil, deixando o consumidor sem garantia e assistência técnica.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório