Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Último artigo de Hawking tenta definir origem do Universo

Podem existir vários universos, mas estes não seriam assim tão diferentes

Último artigo de Hawking tenta definir origem do Universo
Notícias ao Minuto Brasil

17:41 - 02/05/18 por Notícias Ao Minuto

Tech Teoria

A revista científica ‘The Journal of High-Energy Physics’ publicou no dia 1º de maio o último artigo da autoria de Stephen Hawking, enviado ao periódico dez dias antes da morte do cientista. O ensaio, chamado ‘Uma saída simples da inflação eterna’, debruça-se sobre o que aconteceu após o Big Bang.

Até o momento, a corrente teórica mais aceita é a de que o Universo foi criado com o Big Bang e se transformou naquilo que é hoje através de uma expansão rápida, conhecida como inflação. Essa inflação, entretanto, dentro dos limites do mensurável, teria cessado há muito tempo.

+ Pivô de polêmica sobre privacidade no Facebook vai fechar, diz jornal

No entanto, outras teorias dizem que ela nunca parou, continuando como uma onda e afetando outras regiões do cosmos. Esta teoria poderia implicar na existência de uma multiplicidade de universos.

Partindo desse princípio, tem-se as questões: quão diferentes são do nosso e o que é que isso significa para as leis da natureza, que são medidas apenas mediante aquilo que é possível observar? Para Hawking, porém, a inflação eterna não era credível, embora ele defendesse a existência de mais do que um universo.

Nesta nova explanação de hipóteses, que fez juntamente com o físico belga Thomas Hertog, Hawking propõe que o Big Bang poderia ter dado, sim, origem a uma multiplicidade de universos, mas que a variedade não é grande, porque todos eles partilham de regras físicas semelhantes ao planeta Terra.

“Presumimos que a saída da inflação eterna não produziu um multiverso infinito e fractal, mas finito e razoavelmente simples”, escreve ele.

David Kaiser, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, explicou a conclusão da teoria à revista TIME da seguinte forma: “O comportamento do nosso Universo, que é observável, poderia não ser uma raridade atípica, mas talvez relativamente comum. Naturalmente, isto é tudo bastante especulativo”.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório