Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

'Uber da China' identificará motoristas com reconhecimento facial

O aplicativo de transporte privado Didi vai obrigar os motoristas a submeterem-se diariamente ao reconhecimento facial

'Uber da China' identificará motoristas com reconhecimento facial
Notícias ao Minuto Brasil

09:44 - 18/05/18 por Lusa

Tech Transporte

O aplicativo de transporte privado Didi, conhecido como o Uber chinês, vai obrigar os motoristas a submeterem-se diariamente ao reconhecimento facial. A medida foi tomada depois de um condutor ter supostamente assassinado uma passageira de 21 anos, em Zhengzhou, no centro da China.

Na madrugada de 06 de maio, uma aeromoça chinesa de 21 anos, identificada como Li, foi morta durante uma viagem em um carro privado, solicitado através do app Didi.

O corpo seminu da jovem foi encontrado depois de dois dias, com sinais de abuso sexual.

A polícia encontrou mais tarde um outro corpo, presumivelmente o do motorista, Liu Zhenhua, suspeito de matar Li antes de abandonar o automóvel e de se atirar a um rio. O suspeito teria acessado à conta do Didi do pai para atuar como motorista.

Já em maio de 2016, uma mulher de 24 anos tinha sido assassinada por um motorista registrado no Didi. Neste caso, o homem utilizou a carta de motorista e documento de identidade para se registrar na plataforma, mas tinha uma placa falsa no automóvel.

Na mesma semana, os jornais chineses informaram que quatro adolescentes chinesas denunciaram um motorista do Didi à polícia por se masturbar enquanto conduzia. Com informações da Lusa. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório