Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

5 experimentos horríveis feitos com seres humanos

Os métodos controversos causaram muita dor e sofrimento

5 experimentos horríveis feitos com seres humanos
Notícias ao Minuto Brasil

10:31 - 13/07/18 por Notícias Ao Minuto

Tech HISTÓRIA

A base do conhecimento científico é o teste de hipóteses e sua comprovação, durante várias vezes, a fim de comprovar uma ideia. Ao longo da história, várias experiências foram realizadas para comprovar essas hipóteses, mas algumas delas foram horríveis ou cruéis. Confira algumas listadas pelo site Mega Curioso:

+ Facebook marca como discurso de ódio carta de independência dos EUA

1. Estudo Monstro - Realizado em 1939, este estudo foi realizado em Davenport, nos EUA, com 22 crianças órfãs. O professor Wendell Johnson e uma de suas alunas, Mary Tudor, separou as crianças em dois grupos: o primeiro recebia tratamento psicológico positivo, com elogios aos seus comportamentos, e o segundo foi submetido a um tratamento negativo, ouvindo observações cruéis sobre si mesmas, seus comportamentos e maneira de se comunicar, fazendo-as acreditar que eram gagas. Com o passar do tempo, as crianças submetidas a tratamento negativo chegaram a desenvolver gagueira e problemas de fala.

2.A Prisão de Stanford - Conduzida em 1971 pelo psicólogo Philip Zimbardo, da Universidade de Stanford, nos EUA, este estudo colocou estudantes voluntários para viver como se estivessem em uma prisão, composta por guardas e presidiários. O estudo observou que, com o tempo, muitos "guardas" desenvolveram comportamentos sádicos enquanto os "presidiários" se tornavam mais agressivos. Muitos voluntários pediram para sair do programa antes do final e o estudo não chegou a ser concluído por causa das condições psicológicas dos voluntários.

3. Laboratório de veneno - O Serviço Secreto da antiga URSS tinha um laboratório clandestino que visava desenvolver o veneno perfeito, capaz de matar sem ter gosto, cheiro e nem fosse descoberto em autópsia. Eles utilizavam prisioneiros inimigos de diversas condições físicas e idades como "cobaias" e chegaram a uma fórmula, que ficou conhecida como C-2. Testemunhas afirmam que as vítimas que ingeriam o veneno enfraqueciam rapidamente, ficavam calmas e silenciosas e morriam em 15 minutos.

4. Projeto de Aversão - Homossexuais foram submetidos a verdadeiros métodos de tortura, recebendo remédios para 'castração química' e terapias de choque.

5. Unidade 731 - No Japão, um laboratório foi criado durante a Segunda Guerra Mundial sob o comando de Shiro Ishii para fazer testes terríveis como dissecaçao de pessoas vivas, amputação de membros e reimplante em diferentes partes do corpo, testes com granadas, injeções com doenças para que os efeitos pudessem ser observados, homens e mulheres eram infectados com sífilis e gonorreia, por meio de abuso sexual, para serem estudados. O "cientista" morreu, aos 67 anos de câncer na garganta, sem nunca ter sido responsabilizado pelos seus crimes.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório