Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Mark Zuckerberg promete maior privacidade no Facebook

A declaração foi publicada na conta oficial do norte-americano

Mark Zuckerberg promete maior privacidade no Facebook
Notícias ao Minuto Brasil

06:51 - 08/03/19 por ANSA

Tech REDE SOCIAL

ANSA - O fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nesta quarta-feira (6) que está focado para tornar o Facebook uma plataforma concentrada tanto na privacidade quanto na confidencialidade.

+ Instagram supera Messenger em frequência de uso no Brasil

A declaração foi publicada na conta oficial do norte-americano, que também divulgou a possibilidade de integrar o Messenger e o WhatsApp. "Permitiremos enviar mensagens para seus contatos usando cada um de nossos serviços e queremos oferecer a possibilidade de escolher como alcançar seus amigos entre as plataformas. Em seguida, planejamos que estenda essa interoperalidade ao SMS também", explicou.

Para Zuckerberg, "uma plataforma de comunicações com foco em privacidade se tornará mais importante do que as plataformas abertas". "As pessoas têm a liberdade de serem expostas e se conectarem de maneira mais natural, por isso as redes sociais são desenvolvidas". Ele ainda escreveu em seu perfil que pretende possibilitar pagamentos on-line "de forma privada e segura", além de garantir que as mudanças sigam os gostos dos internautas.

"Hoje em dia já vemos que as mensagens privadas, os stories efêmeros e os pequenos grupos são de longe os formatos de comunicação online que crescem mais rápido", acrescentou. Por fim, o fundador da rede social admitiu que a reputação do Facebook não é a melhor em relação à privacidade. "Nós mostramos repetidamente que podemos evoluir e criar os serviços que as pessoas querem". A declaração foi uma resposta às diversas críticas de que o Facebook foi alvo após o escândalo de vazamento e manipulação de dados. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório