Meteorologia

  • 29 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Flip 2020 terá versão on-line de 3 a 6 de dezembro

Também de forma inédita, a festa literária não terá um autor homenageado, como ocorreu nas últimas 17 edições. 

Flip 2020 terá versão on-line de 3 a 6 de dezembro
Notícias ao Minuto Brasil

19:30 - 06/10/20 por Notícias ao Minuto Brasil

Cultura Flip 2020

A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) será pela primeira vez digital. A edição 2020, como todos os setores de atividades no país,

também sofrerá os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Normalmente realizado no mês

de julho, o evento já tinha sido adiado, e agora tem data e formato confirmados: vai ocorrer entre os

dias

3

e

6 de dezembro,

com programação exibida pelas redes sociais.

E esta não é única novidade desta Flip incomum. Também de forma inédita, a festa literária não

terá

um autor homenageado, como ocorreu nas

últimas 17 edições.

De acordo com a presidente do conselho do evento,

Liz Calder,

como a pandemia causou a morte de muitos artistas imprescindíveis, como o escritor

Sergio Sant’Anna,

o músico

Aldir Blanc,

o artista plástico

Abraham Palatnik e a regente Naomi Munakata, este é um momento de homenagear coletivamente os que partiram.

Além disso, a festa seguirá sem um curador, depois da saída de Fernanda Diamant, em agosto, que decidiu declinar da função, afirmando que ela deveria ser ocupada por uma mulher negra, porque isso traria a principal renovação que

a Flip precisa.

Mas as trocas de experiências entre grandes expoentes da literatura do Brasil e de outros países, que marcam a Festa, estão garantidas, e três nomes de peso já foram confirmados:

a britânica Bernardine Evaristo, vencedora do Booker Prize

do ano passado, a

colombiana Pilar Quintana e o

baiano Itamar Vieira Junior.

A Flip também promete continuar valorizando a histórica Paraty, que sempre foi uma das atrações

do evento, com uma série de vídeos que tentarão aproximar o público da cidade.

Também serão mantidas as programações paralelas da Flipinha e Flipzona e seus programas educativos, envolvendo a literatura para a comunidade local, como a Biblioteca Comunitária da Casa Azul.

Para viabilizar o projeto para crianças e adolescentes, a Flip lançou

uma campanha de financiamento coletivo. Interessados em participar podem acessar o site

www.benfeitoria.com/educativoflip.

Com informação: Agência Brasil

Campo obrigatório