Meteorologia

  • 16 AGOSTO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Alec Baldwin diz que é 'estranho' voltar ao trabalho após morte em set

O ator disse ainda que é difícil falar sobre a morte acidental de Halyna no set de filmagem, que continua sob investigação no Novo México

Alec Baldwin diz que é 'estranho' voltar ao trabalho após morte em set
Notícias ao Minuto Brasil

06:05 - 09/02/22 por Folhapress

Fama ALEC-BALDWIN

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Alec Baldwin, 63, falou que é "estranho voltar ao trabalho" três meses após o acidente no set do filme "Rust", que resultou na morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, no Bonanza Creek Ranch, em Santa Fé, Novo México, nos Estados Unidos.

Baldwin compartilhou um vídeo no Instagram falando do sentimento de voltar a atuar em "97 Minutos", longa de baixo orçamento sobre um desastre aéreo. "Eu não trabalho desde 21 de outubro do ano passado, quando essa coisa horrível aconteceu no set desse filme e tivemos a morte acidental de nossa diretora de fotografia, Halyna Hutchins", disse.

O ator disse ainda que é difícil falar sobre a morte acidental de Halyna no set de filmagem, que continua sob investigação no Novo México. "Mas voltei a trabalhar hoje pela primeira vez em três meses e meio", disse, brincando que esqueceu como agir e "qualquer dessas bobagens" de fazer filmes.

Baldwin também lamentou a inexperiência de sua última equipe, apesar de ser uma reclamação usada em ações judiciais sobre o tiroteio mortal "Rust". "Especialmente em filmes independentes, onde há pessoas muito boas, mas todo mundo está perseguindo todas as pessoas boas, e muitos dos melhores são engolidos por projetos que têm mais dinheiro."

O ator disse que quando o orçamento é muito limitado em filmes independentes, acabam preenchendo cargos com pessoas que são boas, mas provavelmente estão no início de suas carreiras. "Mas voltei a trabalhar hoje, foi interessante. Interessante. Sinto falta dos meus filhos, sinto falta de todos eles", disse.

A diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, foi morta e o diretor Joel Souza, 48, ferido por um tiro disparado no set de filmagens do filme "Rust", estrelado por Baldwin. A cena era filmada no Bonanza Creek Ranch, em Santa Fé, Novo México, nos Estados Unidos, no dia 21 de outubro.

O próprio ator disparou a arma cenográfica, que deveria estar com festim, não com munição de verdade. "Estamos tentando determinar agora como e que tipo de projétil foi usado na arma de fogo", disse Juan Rios, porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fé.

Baldwin foi interrogado e estava chorando, segundo o Santa Fe New Mexican, mas ninguém foi preso pelo acidente. Segundo apuração, a arma foi entregue ao ator pelo diretor assistente Dave Halls, que não sabia que ela tinha munição de verdade e confirmou isso no set gritando "arma fria".

Mas, segundo o sindicato de Hollywood, a arma continha munição real. "Uma munição verdadeira foi acidentalmente disparada no set pelo ator principal, atingindo a diretora de fotografia Halyna Hutchins, integrante da Local 600, e o diretor Joel Souza", disse uma filial local do sindicato IATSE (Aliança Internacional de Funcionários de Palco Teatral, na sigla em inglês).

Horas antes do disparo, um grupo de operadores de câmeras deixou o set de "Rust" em uma praia próxima à cidade de Santa Fé em protesto às condições de trabalho. Baixo orçamento, longas viagens e jornadas de trabalho foram algumas das reclamações, segundo o jornal Los Angeles Times.

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório