Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Parada do Orgulho LGBT+ agita a Paulista com desfile neste domingo

A organização do evento espera um público de 4 milhões de pessoas ao longo deste domingo.

Parada do Orgulho LGBT+ agita a Paulista com desfile neste domingo
Notícias ao Minuto Brasil

13:16 - 11/06/23 por Estadao Conteudo

Brasil lgbt+

A 27ª Parada do Orgulho LGBT+ começou na manhã deste domingo, 11, muito antes do tradicional desfile de trios elétricos. Mais de duas horas do início oficial, centenas de participantes já se concentram nas proximidades do Masp, na Avenida Paulista. A organização do evento espera um público de 4 milhões de pessoas ao longo deste domingo.

As comerciantes Ana Vitória Fonseca, 18 anos, Laiane Souza, 22 anos, e Jonas Fonseca, 18 anos, vieram do Rio só para o evento. O ônibus desembarcou às 6h na Rodoviária do Tietê e elas chegaram às 9h na Avenida Paulista. E já tinha gente. "Fizemos amizade que chegaram cedinho. A ideia é fazer um esquenta antes da festa, diz Ana Vitória.

O esquenta também motivou a atendente de telemarketing Dhayanne Oliveira a chegar antes das 10h. "É mais tranquilo para ver as pessoas e tirar fotos", diz.

Para quem chegou cedo, o aquecimento da Parada ficou por conta da escola de samba da Vai-Vai, que percorreu vários quarteirões da Avenida Paulista e arrastou uma pequena multidão.

Muita gente queria espaço para fotos, como o casal Antônio Ruiz, 38 anos, e Carlos Pedro, 54 anos. Eles fizeram várias poses na frente de arco-íris de bexigas coloridas no Masp.

Essa "pré-Parada" também atraiu famílias e crianças - todas com pelo menos uma peça colorida. A empresária Andreza Camargo, de 45 anos, desfilava com um carrinho de bebê coberto com uma colcha colorida. "Quis vir antes porque não vou conseguir andar com o carrinho no meio da muvuca", conta.

A concentração do público e dos 19 trios elétricos vai seguir pela rua da Consolação no sentido centro a partir das 13h. A dispersão deve ocorrer até as 18h nas imediações da praça Roosevelt, na área central.

A festa deste ano tem como tema "Políticas sociais para LGBT+: Queremos por inteiro, não pela metade", destacando a importância de se incentivar e promover a inclusão da comunidade no acesso às políticas públicas de assistência social.

Campo obrigatório