Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Sabe como limpar e desinfetar o celular? Veja o que fazer (e atenção)

Desde os transportes públicos às idas ao banheiro, o celular é usado recorrentemente. A limpeza é essencial para a sua manutenção e longevidade

Sabe como limpar e desinfetar o celular? Veja o que fazer (e atenção)
Notícias ao Minuto Brasil

04:20 - 24/06/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Tech Dicas

A limpeza regular de um smartphone ou tablet é essencial para a sua longevidade, mas nem todos sabem como eliminar a sujeira destes aparelhos. 

Para que aprenda a desinfetar e a limpar o celular, a DECO PROteste reuniu um conjunto de informações essenciais, que lhe indicamos. E se está com pé atrás, lembre-se: estes aparelhos podem ter até 10 vezes mais germes do que uma tampa de privada, segundo um estudo de 2017.

Desinfectar? Recorra à limpeza úmida

A DECO PROteste destaca que a limpeza úmida "elimina a maioria dos germes", mas "deve ser feita com cuidado". Comece desligando o dispositivo antes de começar a limpá-lo. Além de se "mais seguro", é "muito mais fácil ver onde deve limpar quando o dispositivo está desligado".

Use um pano de microfibra

Para a limpeza, deve usar um pano de microfibra. Ao contrário dos lenços de papel, "os panos de microfibra limpam suavemente a tela dos dispositivos sem o perigo de riscar. As microfibras atraem e removem óleos e poeiras, enquanto outros materiais simplesmente os espalham". Pode ainda usar "os panos designados para limpar óculos".

Não use produtos de limpeza em spray ou em aerossol

Não devem ser usados produtos de limpeza em spray ou em aerossol, "pois a maioria dos smartphones é sensível aos líquidos". Os aparelhos "com um índice de proteção elevado contra líquidos protegem apenas quando se trata de água, e não outro tipo de líquido. Mesmo que o seu celular seja IP67 ou IP68, que já permite a imersão em água, não é boa ideia imergi-lo num líquido antibacteriano ou numa mistura de álcool".

A maioria das telas dos dispositivos móveis "possui uma camada que repele os óleos e que impede as marcas das impressões digitais". Se for usado detergente em excesso ou outro produto químico mais agressivo, "a cobertura poderá desaparecer", alerta a editora. O ideal "é que o celular tenha um vidro temperado para proteger a tela". Este pode ser "facilmente limpo e evita, assim, a exposição direta da tela a produtos de limpeza".

Para desinfectar, "utilize lenços com 70% álcool isopropílico ou umedeça levemente uma ponta de um pano de microfibra em álcool isopropílico". Aplique "suavemente" no aparelho e "tenha cuidado para não limpar dentro dos orifícios das ligações".

Quando terminar, "limpe tudo com a parte seca do pano de microfibra" e lembre-se de o lavar para a próxima utilização. O ideal é que, além do vidro de proteção, "o celular tenha uma capa cobrindo toda a parte traseira do aparelho e que permita uma desinfecção mais frequente diretamente na capa, sem risco de descolorar o dispositivo", destaca ainda a DECO PROteste.

Leia Também: Auge de atividade solar eleva chances de Terra ver auroras, mas também risco de panes

Campo obrigatório