Meteorologia

  • 22 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Lula diz que Campos Neto não tem 'capacidade de autonomia', tem lado político e prejudica País

Na avaliação de Lula, não há explicação para a taxa de juros estar no nível que está

Lula diz que Campos Neto não tem 'capacidade de autonomia', tem lado político e prejudica País
Notícias ao Minuto Brasil

12:12 - 18/06/24 por Estadao Conteudo

Economia BC

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse na manhã desta terça-feira, 18, em entrevista à Rádio CBN, que a economia do País está indo muito bem e vai fechar o ano com bons resultados. Contudo, afirmou que há uma coisa desajustada no Brasil: "o comportamento do Banco Central". Segundo ele, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, não demonstra "nenhuma capacidade de autonomia, tem lado político e trabalha muito mais para prejudicar do que para ajudar o País".

Na avaliação de Lula, não há explicação para a taxa de juros estar no nível que está. E nesta terça-feira, quando o Comitê de Política Monetária (Copom) inicia a primeira etapa da reunião que pode colocar um ponto final no ciclo de cortes da taxa básica de juros, a Selic, com perspectiva de mantê-la a 10,50%, Lula criticou: "Eu acho muito triste porque o Brasil não precisa disso, há um grau de confiança grande no País. Temos uma situação que não necessita dessa taxa de juros, é proibitiva para investimentos no setor produtivo. É preciso uma taxa de juros compatível com a inflação, que está totalmente controlada."

Na entrevista, Lula disse que os defensores dessa taxa Selic ficam "inventando discursos de inflação no futuro", enquanto é preciso trabalhar em cima do real: "Temos um bom momento, com inflação controlada, País e emprego crescendo, queremos atrair mais investimento e que o BC se comporte para ajudar este País e não para atrapalhar."

Leia Também: Lula diz que ficou 'perplexo' com volume elevado de isenções sem contrapartida

Campo obrigatório