Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Bitcoin volta a cair e fica abaixo de US$ 4.500, menor valor em 2018

Criptomoeda perdeu cerca de 75% de seu valor desde dezembro de 2017

Bitcoin volta a cair e fica abaixo de US$ 4.500, menor valor em 2018
Notícias ao Minuto Brasil

21:44 - 20/11/18 por Folhapress

Economia MOEDA DIGITAL

O bitcoin chegou a despencar mais de 10% nesta terça-feira (20) e ficou abaixo dos US$ 4.500 (cerca de R$ 17 mil). Com isso, a queda no valor da criptomoeda mais conhecida do mundo supera os 25% em uma semana.

O movimento ocorre após um período de relativa estabilidade que durou alguns meses, nos quais o bitcoin foi cotado em valores próximos a US$ 6.500 (R$ 24,4 mil).

Operadores afirmam que a baixa resulta da intensificação de vendas de moedas digitais, impulsionadas por agentes da Ásia.

+ Superintendência do Cade recomenda arquivar investigação contra Google

Além disso, uma restrição regulatória no comércio de criptomoedas no início de 2018 e um maior desinteresse de investidores também estariam entre os fatores do declínio.

O bitcoin chegou à marca de US$ 4.200 (R$ 15,9 mil) durante o dia, patamar mais baixo na Bitstamp desde outubro de 2017.

Outras moedas digitais também tiveram perdas acentuadas. A ether perdeu 10% do valor, e a ripple caiu 13%, em movimento provocado pelo fator emocional.

O recuo no mercado de criptomoedas coincide com o mesmo movimento no mercado de ações.

Na Europa, as quedas foram influenciadas por resultados ruins do varejo e, nos Estados Unidos, por quedas nas ações da Apple, que caíram mais de 20% desde o início de outubro.

Desde o pico de valorização em dezembro de 2017, o bitcoin perdeu cerca de 75% do valor.

Na segunda-feira (19), a moeda digital ficou abaixo de US$ 5 mil (R$ 18,7 mil) pela primeira vez desde outubro de 2017.

No mês passado, os volumes de negócios também recuaram ao menor nível em um ano, segundo a revista especializada Diar.

Lançado em 2009 por um ou vários especialistas em computação sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto, o bitcoin opera em uma tecnologia descentralizada chamada blockchain, cuja funcionalidade tem sido testada em diferentes setores da economia.

A criptomoeda foi criada para funcionar sem a presença de intermediários, como bancos ou cartões de crédito, nas transações. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório