Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Lua em posição extrema: Lunistício raro ilumina o céu em junho

Esse fenômeno, que não ocorria desde 2006, marca o momento em que a Lua atinge suas posições mais extremas no céu, nascendo no ponto mais ao norte e se pondo no mais ao sul, alcançando também suas altitudes máxima e mínima

Lua em posição extrema: Lunistício raro ilumina o céu em junho
Notícias ao Minuto Brasil

06:45 - 19/06/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Tech Lua

A partir desta sexta-feira, 21 de junho, os amantes da astronomia terão a oportunidade única de testemunhar um evento celestial raro: o lunistício. Esse fenômeno, que não ocorria desde 2006, marca o momento em que a Lua atinge suas posições mais extremas no céu, nascendo no ponto mais ao norte e se pondo no mais ao sul, alcançando também suas altitudes máxima e mínima. O ciclo completo do lunistício se completa a cada 18,6 anos.

O lunistício deste fim de semana ganha ainda mais significado por coincidir com o solstício de inverno no hemisfério sul e de verão no norte. No dia 21, a Lua nascerá no ponto mais nordeste do horizonte e se porá na posição mais noroeste, permanecendo no céu por um período mais longo, proporcionando um espetáculo celestial ainda mais memorável.

Observação Exclusiva para o Hemisfério Norte

Infelizmente, o lunistício será visível apenas no Hemisfério Norte, com sua visibilidade variando de acordo com a localização e as condições climáticas do local. No Brasil, o evento não poderá ser observado.

Stonehenge: Local Ideal para Observação

Para aqueles que tiverem a sorte de estar no Hemisfério Norte e puderem observar o fenômeno, Stonehenge, na Inglaterra, é considerado um dos locais mais propícios para a apreciação do lunistício. A estrutura megalítica oferece uma vista privilegiada do céu noturno, tornando-a um palco perfeito para presenciar esse evento celestial raro.

Ângulo Variável: Adaptação à Sua Localização

É importante ressaltar que o ângulo em que a Lua é vista varia de acordo com a latitude do observador. Portanto, o lunistício pode não ser visível em sua região neste fim de semana.

Observação por Diversos Dias

A boa notícia é que a paralisação lunar não se limita a uma única noite. O fenômeno poderá ser observado em outros dias até o próximo ano, oferecendo diversas oportunidades para apreciá-lo.

Campo obrigatório